X

Olá! Você atingiu o número máximo de leituras de nossas matérias especiais.

Para ganhar 90 dias de acesso gratuito para ler nosso conteúdo premium, basta preencher os campos abaixo.

Já possui conta?

Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Pernambuco
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Pernambuco
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Espírito Santo
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Espírito Santo
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo

Política

Zambelli diz não temer cassação e Bolsonaro afirma que não quis falar com ela

Ex-presidente disse que não esteve mais com a aliada desde a campanha eleitoral do ano passado nem atendeu telefonemas dela


Imagem ilustrativa da imagem Zambelli diz não temer cassação e Bolsonaro afirma que não quis falar com ela
Zambelli afirmou à imprensa que existe uma tentativa de envolver Bolsonaro no contexto das investigações contra ela |  Foto: Marcos Corrêa/PR (Marcos Corrêa/PR/Flickr)

O depoimento da deputada federal Carla Zambelli (PL-SP) à Polícia Federal que seria dado nesta segunda-feira (7) foi adiado.

Segundo o advogado da deputada, Daniel Bialski, o adiamento se deu porque sua defesa não teve acesso aos autos da investigação que apura a participação da deputada em suposta trama que mirava o ministro Alexandre de Moraes, do STF (Supremo Tribunal Federal).

Leia mais notícias de Política aqui

A afirmação do advogado foi dada na porta da Superintendência da Polícia Federal de São Paulo a um grupo de jornalistas. No mesmo local, a deputada afirmou que compareceu à PF para demonstrar sua disposição de falar sobre o tema.

Zambelli também afirmou não se sentir isolada pelo seu partido, o PL, e que prestará esclarecimentos à Justiça e à imprensa assim que tiver acesso aos autos do processo.

A deputada disse que não entende que seu mandato está em risco. "Acho que, é claro, a gente não sabe muito bem o que esperar da Justiça, mas eu não tenho medo de cassação", afirmou.

Uma eventual cassação da deputada tem mais chances de ocorrer pelo caminho da Justiça do que por um processo contra ela no Conselho de Ética da Câmara, avaliam parlamentares ouvidos pela reportagem.

Deputados veem que, apesar de ela estar enfraquecida, ao menos por enquanto não há clima para que sua cassação aconteça em plenário.

Também nesta segunda-feira, o ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) disse que não esteve mais com a aliada desde a campanha eleitoral do ano passado nem atendeu telefonemas dela.

"Ela queria falar comigo um tempo atrás, não respondi. Vamos ver o que acontece disso, com esse hacker que tem um passado bastante rico", disse ele após compromisso em São Paulo com o prefeito Ricardo Nunes (MDB).

Bolsonaro também afirmou que "se recolheu" desde a eleição e não teve conversas "com quase ninguém".

"Voltei há pouco tempo à quase normalidade da vida pública. Nada contra a Carla Zambelli, espero que ela explique tudo que aconteceu."

A deputada foi alvo na semana passada de operação da PF, que cumpriu mandados de busca e apreensão em endereços residenciais e em seu gabinete na Câmara. Os agentes prenderam Walter Delgatti, conhecido como o hacker da "Vaza Jato".

A deputada e Delgatti são suspeitos de atuarem em uma trama que mirava Moraes, do STF, e que resultou na invasão dos sistemas do CNJ (Conselho Nacional de Justiça) e na inserção de documentos e alvarás de soltura falsos no Banco Nacional de Mandados de Prisão.

Segundo Bialski, não há ainda uma data definida para o novo depoimento, que pode ocorrer no final desta semana ou no início da semana que vem.

Na própria quarta, Zambelli afirmou à imprensa que existe uma tentativa de envolver Bolsonaro no contexto das investigações contra ela. A deputada disse que não há ligação entre o caso e o ex-presidente.

"Estão tentando envolver o presidente [Bolsonaro] através de mim, pelo fato de eu ser próxima [dele]", afirmou ela sobre a operação em entrevista na Câmara.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Leia os termos de uso

SUGERIMOS PARA VOCÊ: