X

Olá, faça o seu cadastro para ter acesso a este conteúdo

*Você não será cobrado

Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Vila Velha é a cidade que mais ganha novos eleitores

Município tem, para a eleição deste ano, um total de 336.050 aptos a irem às urnas. No Estado, são 166.778 votantes a mais

Rodrigo Péret, do jornal A Tribuna | 26/07/2022 18:21 h

Praia da Costa, em Vila Velha, município que aumentou em 12% o total de eleitores 
de 2018 para este ano
Praia da Costa, em Vila Velha, município que aumentou em 12% o total de eleitores de 2018 para este ano |  Foto: Thiago Coutinho — 05/01/2018
 

O município de Vila Velha foi, no Estado, o que mais ganhou novos eleitores em relação ao ano de 2018, último ano com eleições gerais. A cidade tinha 298.748 eleitores naquele ano, e agora terá 336.050 para as eleições de 2022. Isso significa um aumento de 37.302 eleitores.

O município da Grande Vitória superou outros da mesma região que tiveram aumentos consideráveis de 2018 a 2022: Serra, segunda colocada, terá 28.598 novos eleitores, enquanto Vitória teve um aumento de 17.131 votantes e Cariacica tem 13.095 novos eleitores.  

Percentualmente, o aumento de Vila Velha foi de 12%, o que faz com que o município, além de ser o com maior aumento em  números totais,  também seja o terceiro com maior aumento percentual. 

Neste quesito, Vila Velha perde apenas  para Itapemirim (aumento de 16%, subindo de 30.517 eleitores em 2018  para 35.442 em 2022) e Divino de São Lourenço (que subiu o número de eleitores em 14%, indo de 3.781 em 2018 para 4.312 em 2022). Apesar do aumento percentual, Divino de São Lourenço segue sendo o menor colégio eleitoral do Estado, em números totais.  

Os dados são do Tribunal Superior Eleitoral, que constatou que para as eleições de 2022, o Estado terá 166.778 eleitores a mais em relação às últimas eleições gerais, ocorridas em 2018.

O Estado registrou  crescimento de 6% no eleitorado, passando de 2.754.728 pessoas aptas a votar naquele ano para 2.921.506 neste ano.

Apesar do aumento de eleitores, Vila Velha ainda não é o maior colégio eleitoral do Estado. O posto vai para Serra, com 349.398 eleitores. Cariacica está em terceiro com 272.688  eleitores, enquanto Vitória fica em quarto com 264.428.  

O maior colégio eleitoral fora da Grande Vitória ainda é Cachoeiro de Itapemirim, que nas eleições de  2018 tinha 138.668 eleitores e para 2022 terá 141.644. 

Atrás de Cachoeiro na lista dos maiores  colégios eleitorais fora da Grande Vitória está  Linhares, que em 2018 tinha 112.502 eleitores e para as eleições de 2022 terá 118.268.

Imagem ilustrativa da imagem Vila Velha é a cidade que mais ganha novos eleitores
  

Mais de  27 mil  aptos a votar são adolescentes

O Estado tem 27.785 eleitores menores de idade, segundo dados do Tribunal Superior Eleitoral. Tratam-se de adolescentes na faixa entre  15 anos  (e que completarão 16 até o 1º turno das eleições) e 17 anos.

O número representa apenas 0,95% do eleitorado total do Estado e é menor, por exemplo, do que a faixa de idosos com mais de 70 anos, que são 262.308 (ou 8,97% do eleitorado total) e, assim  como os adolescentes, não são obrigados a votar.

A maior parte do eleitorado informou ter  ensino fundamental incompleto, sendo 742.594 (25,42%) nesta condição. 

Em seguida, outros 730.419 eleitores (25%) disseram ter  ensino médio completo. Outros 519.203 (17,77%) possuem  ensino médio  incompleto. Apenas 10,24%, ou seja, 299.237 concluíram a graduação superior. Analfabetos representam 3,64% do eleitorado (106.467).

O TSE também constatou que, no Estado, 4.112  eleitores declararam ter algum tipo de deficiência ou mobilidade reduzida. Esses eleitores podem, inclusive, exercer o voto em seções adaptadas pela Justiça Eleitoral para atendimento das necessidades apresentadas. 

O eleitor nessa situação tem até o dia 18 de agosto para solicitar transferência para uma seção com acesso facilitado. 

O TSE registra  também que o Estado terá, nas eleições de 2022, 641 eleitores transgêneros, transexuais e travestis que farão uso do nome social (aquele pelo qual preferem ser chamados).

Dados do TSE

24 mil eleitores com deficiência

Aumento de 6%

- Os números do TSE mostram  uma evolução de 6% do eleitorado em relação às últimas eleições gerais (2018), quando 2.754.728 pessoas estavam aptas a exercer o direito de escolher seus representantes políticos no Estado.

- A maior faixa do eleitorado capixaba compreende as idades entre 35 e 44 anos (623.492 eleitores). Os jovens com 15 anos incompletos (completam 16 anos até o 1º turno das eleições) até 17 anos aptos a votar são 27.785 eleitores e o idosos com mais de 70 anos são 262.308 eleitores.

- O município com mais novos eleitores é Vila Velha, com 37.302 novos eleitores. Porém, percentualmente, o maior aumento no eleitorado foi de Itapemirim, que teve um crescimento de 16%, saindo dos 30.517  eleitores em 2018 para 35.442 em 2022.

- O TSE também constatou que, no Estado, 4.112  eleitores declararam ter algum tipo de deficiência ou mobilidade reduzida. Esses eleitores podem, inclusive, exercer o voto em seções adaptadas pela Justiça Eleitoral para atendimento das necessidades apresentadas.

Fonte: Tribunal Superior Eleitoral.

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em um de nossos grupos de Whatsapp

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em nosso grupo do Telegram

MATÉRIAS RELACIONADAS