X

Olá! Você atingiu o número máximo de leituras de nossas matérias especiais.

Para ganhar 90 dias de acesso gratuito para ler nosso conteúdo premium, basta preencher os campos abaixo.

Já possui conta?

Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Pernambuco
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Pernambuco
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Espírito Santo
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Assine A Tribuna
Espírito Santo
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo

Política

Casagrande assina acordo de R$ 630 milhões com BNDES

Dinheiro será destinado para ações de melhoria das condições de segurança viária e fluidez nas rodovias


Imagem ilustrativa da imagem Casagrande assina acordo de R$ 630 milhões com BNDES
Casagrande: investimentos |  Foto: Leone Iglesias/AT

O governador Renato Casagrande (PSB) assinou nesta terça-feira contrato de R$ 630 milhões para obras do Programa de Apoio à Investimentos de Infraestrutura de Rodovias do Estado do Espírito Santo (Proinfra).

A assinatura foi pela manhã no Rio de Janeiro, em encontro do governador junto ao presidente do Banco Nacional do Desenvolvimento Economico e Social (BNDES), Aloízio Mercadante.

A solenidade aconteceu durante o seminário “Reconstrução de cidades e mudanças climática: experiências internacionais e nacionais para o Rio Grande do Sul e o Brasil” e foi realizado na sede do banco, localizada no Rio.

O dinheiro será destinado para um conjunto de ações que possibilitarão a melhoria das condições de segurança viária e fluidez nas rodovias ES-320 - Variantes e Vila Valério à Fátima; ES-488 entroncamento da BR-101 (Rodovia do Frade) e no Contorno de São Mateus, segundo o governo.

Para Casagrande, esses recursos trarão mais dinamismo e desenvolvimentos à essas três regiões que estão se fortalecendo industrialmente e conta com uma agricultura forte.

“Em 2023, investimos 20% da nossa receita em infraestrutura, enquanto a média nacional foi de 7%. Neste ano, queremos continuar com o nível de investimento para que possamos ter um Estado cada vez mais desenvolvido e competitivo. Essas obras são fundamentais para que possamos desenvolver ainda mais essas regiões do interior do Espírito Santo”, ressaltou.

MATÉRIAS RELACIONADAS:

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Leia os termos de uso

SUGERIMOS PARA VOCÊ: