X

Olá, faça o seu cadastro para ter acesso a este conteúdo

*Você não será cobrado

Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Bolsonaro leva tombo durante inauguração de hospital de campanha em Goiás

| 05/06/2020 12:33 h | Atualizado em 05/06/2020, 14:12

Bolsonaro caiu no chão e foi acolhido por seguranças
Bolsonaro caiu no chão e foi acolhido por seguranças |  Foto: Gabriela Biló / Agência Estado

Bolsonaro chegou a Águas Lindas de Goiás de helicóptero nesta sexta-feira (05), para inauguração do hospital de campanha para tratamento de pacientes com covid-19. Ao cumprimentar bombeiros próximo, no entanto, escorregou no barro e levou um tombo.

Numa cerimônia rápida, fechada à imprensa mas transmitida pela TV oficial do governo, Caiado e Bolsonaro, que haviam rompido no início da pandemia, trocaram afagos em seus discursos.

O governador de Goiás fez uma apresentação com feitos da gestão Bolsonaro no estado. "O governo federal impulsiona o crescimento de Goiás", dizia um dos slides do governador, que comemorou as oito visitas oficiais que o presidente fez ao estado.

"Em 2019 e 2020, o governo federal concentrou um esforço enorme para dar algo a Goiás que Goiás não tinha", disse Caiado.

"O governo federal impulsiona o crescimento de Goiás. Investimentos foram realizados em todas as áreas, como saúde, infraestrutura, assistência social e educação. Recordes, conquistas, superação de deficiências", dizia o início da apresentação de 17 páginas exibida por Caiado.

Bolsonaro retribuiu os afagos do aliado recém-reconquistado. "Depois de ouvir o Caiado, me animei. Confesso que não queria falar. Mas com suas palavras amáveis, verdadeiras, me tocou. Me permite falar um pouco do estado e do Brasil", disse o presidente.

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em um de nossos grupos de Whatsapp

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em nosso grupo do Telegram

MATÉRIAS RELACIONADAS