Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Artistas e políticos comentam a indicação de Regina Duarte à Cultura

| 20/01/2020 19:41 h | Atualizado em 20/01/2020, 20:24

A chegada da atriz Regina Duarte no governo Jair Bolsonaro movimentou não apenas o mundo político, mas também a classe artística.

Ela aceitou o convite para assumir a Secretaria da Cultura e a partir desta terça-feira (21) começa um período de testes na pasta. Nas redes sociais, houve elogios e também muitas críticas.

Veja algumas repercussões:

Imagem ilustrativa da imagem Artistas e políticos comentam a indicação de Regina Duarte à Cultura
"Gosto muito da Regina Duarte. Mas ela não está preparada para assumir o cargo numa guerra dessas. A Regina foi durante anos a namoradinha do Brasil e corre o risco de se tornar namoradinha do fascismo". Alexandre Frota, deputado federal (PSDB)

"Ela está sendo coerente. Ela apoiou o Bolsonaro. É natural que assuma um cargo, se ela deseja isso".
Paulo Betti, ator, autor e diretor petista

Ator Lima Duarte
Ator Lima Duarte |  Foto: Reprodução / Instagram
"Perfeito para o Brasil de hoje: Sinhozinho Malta na Presidência e Viúva Porcina na Cultura. Claro que é um Sinhozinho Malta, modéstia à parte, sem o charme do próprio. Bolsonaro e charme são duas coisas incompatíveis". Lima Duarte, ator

"Espero que a Regina veja a cultura do Brasil com os mesmos olhos que eu e tantas outras pessoas vemos a bela figura dela."
Gilberto Gil, cantor, compositor e ex-ministro da Cultura no governo Lula

"Estou torcendo para que ela permaneça, convença o Presidente da importância estratégica da arte, da cultura e da economia criativa para o desenvolvimento do país e realize um ótimo trabalho, com absoluto respeito à liberdade de expressão e de criação. Regina é bem intencionada e conhece a área. Mas vai precisar de respaldo interno e apoio externo para atingir seus objetivos".
Sérgio Sá Leitão, ex-ministro da Cultura no governo de Michel Temer.

Nelson Motta
Nelson Motta |  Foto: Divulgação / Facebook
"Conheço-a há muito tempo. É ótima atriz e uma pessoa decente e sincera que às vezes toma decisões mais movida pela emoção do que por razão. Duvido que Bolsonaro lhe dê autonomia. Mas... vai que dá? No Brasil de hoje, até Poliana é pessimista. Mas Regina é inteligente e bem intencionada. Pode se redimir de ter votado em Bolsonaro". Nelson Motta, jornalista e produtor

"Não posso comemorar o fato de Regina Duarte assumir, pois eu esperava dela um posicionamento mais firme em relação às declarações de Bolsonaro, de quando ele fala de filtro e faz defesa da censura. Como artista, ela devia ter se posicionado. Fico assustada com ela agora aceitar essas posições do Bolsonaro, que são antagônicas à liberdade na cultura."
Ana de Hollanda, ex-ministra da Cultura no governo de Dilma Rousseff

"Eu vejo com bons olhos, até porque Regina já produziu peças de teatro, tem experiência com a prática, conhecimento de Lei Rouanet, leis de incentivo. E é doce, suave nas relações".
André Sturm, ex-secretário de Cultura de São Paulo e atual secretário do Audiovisual

"Quero ver como ela vai fazer sem o (autor) Dias Gomes para lhe escrever as falas".
Ruy Castro, escritor

Ficamos felizes em tê-lo como nosso leitor! Assine para continuar aproveitando nossos conteúdos exclusivos: Assinar Já é assinante? Acesse para fazer login

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em um de nossos grupos de Whatsapp

MATÉRIAS RELACIONADAS