Login

Atualize seus dados

VIOLÊNCIA

Um dia antes do crime, ex-marido ameaçou jovem de morte: "ou você termina, ou vou te matar"

Karina Freitas, de 20 anos, tinha uma filha com o acusado

25/11/2021 16:17:48 min. de leitura

Imagem ilustrativa da imagem Um dia antes do crime, ex-marido ameaçou jovem de morte: "ou você termina, ou vou te matar"
Karina Freitas, de 20 anos, foi morta pelo ex-marido, na tarde desta quinta-feira (25), Foto: Reprodução/ Redes Sociais
 

Um dia antes de matar mãe e filha em Vila Velha, o acusado do crime já tinha ameaçado a ex-mulher. "Ontem (quarta-feira) eles brigaram. Quando ele soube que a Karina estava namorando, ele falou: ou você termina, ou eu vou te matar", revelou uma parente das vítimas, em entrevista à TV Tribuna. 

Karina Freitas, de 20 anos, tinha uma filha com o acusado. No início da tarde desta quinta-feira (25), ele foi até a casa da mãe dela, em Zumbi dos Palmares. A diarista Silvanete dos Santos Freitas, de 38 anos, estava deitada na cama. 

"Ele chegou, eu levei um susto. Ele disse: calma, vocês estão assustadas. A Silvanete levantou, perguntou o que ele queria, e ele questionou sobre a Karina ter dado o telefone dele para o atual namorado dela", relatou a parente, que não quis se identificar. 

Nesse momento, a mãe de Karina disse que ela mesma tinha passado o número. "Ela falou que tinha passado o contato porque já estava cansada (das ameaças dele), e que iria na delegacia. Ele disse: não vai ter tempo de você ir na delegacia. Puxou a arma e atirou na cabeça dela", lembrou a familiar. 

De lá, o atirador seguiu para o trabalho de Karina, numa empresa de material reciclável em Cobilândia. Ele chamou por ela, dizendo que iria pegar um documento da filha deles para levá-la ao médico. "Ela saiu, ele conversaram sem brigar. Ele ligou a moto, deu um tiro nela, montou na moto e saiu", relatou um empresário, de 32 anos, sem se identificar. 

Agora, a polícia está fazendo buscas pelo acusado. A motocicleta usada por ele, que teria sido emprestada por um amigo, já foi localizada. Até a publicação desta reportagem, o assassino não tinha sido encontrado.