X

Olá, faça o seu cadastro para ter acesso a este conteúdo

*Você não será cobrado

Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Traficantes ameaçam fuzilar moradores e colocam fogo em casas

Eles invadiram oito casas em Flexal I, Cariacica, e colocaram fogo em alguns imóveis. Na invasão, roubaram até carne

Taynara Nascimento, do jornal A Tribuna | 03/08/2022 15:52 h

Imagens mostram ação de bandidos e   produtos roubados: crime está relacionado à guerra do tráfico, diz polícia
Imagens mostram ação de bandidos e produtos roubados: crime está relacionado à guerra do tráfico, diz polícia |  Foto: Reprodução redes sociais
 

Moradores de oito casas de Flexal I, em Cariacica, passaram por momentos de desespero ao serem ameaçados de fuzilamento por traficantes na madrugada de ontem.

Além disso, eles ainda tiveram suas casas invadidas pelos bandidos que fizeram a limpa levando até caixas de som e carnes congeladas para fazerem churrasco.

O crime aconteceu quando alguns moradores ainda estavam dormindo e, alguns deles, tiveram suas casas incendiadas. Tudo porque criminosos rivais estavam à procura de um traficante da região. 

Segundo a Polícia Militar, durante o patrulhamento no bairro, em uma região conhecida como Santa Rosa, por volta das 3 horas da madrugada a guarnição teve a informação de que uma casa havia sido invadida por vários homens armados, na rua Itabira.

Militares foram informados que as casas foram invadidas por traficantes equipados até com  coletes balísticos, cada um com uma arma de fogo longa na mão e uma arma curta na cintura. 

Tudo teria acontecido quando criminosos começaram uma procura por um traficante conhecido como “Zé Maria”, que é acusado de comandar o tráfico da região conhecida como Santa Rosa. 

Os invasores seriam traficantes rivais da região conhecida como Morro do Quiabo, que vive em constantes conflitos armados por conta da guerra de tráfico de drogas.

Além de terem as casas invadidas, roubadas e queimadas, os moradores também  foram ameaçados  de morte. Ainda segundo a PM, a todo momento  os moradores eram questionados sobre a localização do “Zé Maria”. 

Apesar do roubo de vários objetos como televisão, caixa de som, celulares e relógios, as vítimas preferiram não prestar queixas por medo de represálias, tendo em vista que os traficantes prometeram voltar. 

Um recado também foi deixado pelos criminosos: “Manda um recado para o Zé Maria que o bairro agora é nosso”, disseram.

A polícia também informou que  o comandante do ataque  e das invasões nas casas já foi identificado e seria um ex-traficante de Santa Rosa, mas que  atualmente pertence ao grupo de traficantes do Morro do Quiabo e, por ser um ex-morador da região, foi comandar as invasões por conhecer melhor o território. 

Durante a tarde de ontem, militares estiveram no bairro com o apoio do Notaer.

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em um de nossos grupos de Whatsapp

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em nosso grupo do Telegram

MATÉRIAS RELACIONADAS