X

Olá, faça o seu cadastro para ter acesso a este conteúdo

*Você não será cobrado

Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Torcedor do São Paulo é morto em confronto de torcidas

O Serviço Móvel de Atendimento de Urgência (Samu) foi acionado para prestar socorro, mas o torcedor já estava morto

Agência Folhapress | 23/06/2022 14:37 h

Torcedores entraram em confronto
Torcedores entraram em confronto |  Foto: Reprodução SBT
 

Uma pessoa morreu durante confronto entre torcedores no início da madrugada desta quinta-feira (23) na avenida Presidente Vargas, em Itapevi, na Grande São Paulo. De acordo com a Polícia Militar, a ocorrência ocorreu por volta de 1h45.

Imagens de uma câmera de segurança da avenida mostram vários corintianos com objetos que parecem ser barras ou paus em volta de um ônibus. O veículo teria sido atacado por são-paulinos -a informação não foi confirmada pela polícia.

As imagens não mostram a agressão. O torcedor atingido seria do São Paulo. A polícia não informou o nome nem a idade da pessoa morta.

O confronto ocorreu cerca de duas horas depois de o Corinthians golear o Santos por 4 a 0, no primeiro jogo entre os dois times pelas oitavas-de-final da Copa do Brasil. A partida foi em Itaquera, na zona leste de São Paulo

Segundo a Secretaria da Segurança Pública, o Serviço Móvel de Atendimento de Urgência (Samu) foi acionado para prestar socorro, mas o torcedor já estava morto.

Os torcedores corintianos que estavam no ônibus foram levados para a delegacia da cidade. Até a publicação desta reportagem, o boletim de ocorrência ainda estava sendo elaborado, segundo a pasta da segurança.

No domingo passado, um confronto entre torcedores do Corinthians e do Goiás provocou a interdição a pista local da marginal Tietê.

No início de março, torcedores de Corinthians e São Paulo se enfrentaram na estação de trem Primavera-Interlagos, na zona sul da capital paulista. O confronto ocorreu poucas horas depois do final do clássico entre as duas equipes, no Morumbi, pelo Paulistão. Cinco pessoas envolvidas na briga foram ouvidas no 101º DP e liberadas. Ninguém foi preso.

Em fevereiro, o motoboy Dante Luiz Oliveira, 40 anos, morreu ao ser baleado nas imediações da arena Allianz Parque, na Pompeia, zona oeste de São Paulo, após a derrota do Palmeiras na final do Mundial Interclubes.

Também em março, um homem morreu após ter sido baleado durante uma briga generalizada entre torcedores de Atlético-MG e Cruzeiro, em Belo Horizonte (MG), horas antes de um clássico mineiro pelo campeonato estadual.

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em um de nossos grupos de Whatsapp

MATÉRIAS RELACIONADAS