Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Tiro de borracha e spray de pimenta durante prisão de suspeito na Serra

| 21/08/2021 13:53 h | Atualizado em 21/08/2021, 14:09

A prisão de um homem, que não teve a identidade revelada, causou um grande tumulto em Central Carapina, Serra, na manhã deste sábado (21). Até spray de pimenta e tiros de borracha foram usados por militares para conter a população que tentou impedir que o acusado fosse preso.

Até spray de pimenta e tiros de borracha foram usados por militares para conter a população
Até spray de pimenta e tiros de borracha foram usados por militares para conter a população |  Foto: Reprodução/ Redes Sociais
O caso aconteceu no início da manhã deste sábado, após o homem ser flagrado, portando uma quantidade de drogas e dinheiro. Questionado sobre o ilícito e o que estaria fazendo no local, ele disse que o pino era dele, mas que não fazia uso da droga.

Durante os questionamentos dos policiais, o homem passou a se contradizer em vários momentos, inclusive sobre o local onde morava. Como ele não quis se identificar, e, diante da suspeita de que estaria praticando tráfico de drogas, foi informado que seria encaminhado à delegacia para possíveis análises.

Nesse momento, segundo a Polícia Militar, o suspeito reagiu, resistindo à abordagem e entrou em luta corporal com um dos policiais. Ele ainda tentou sacar a arma de seu coldre.

Ainda segundo a PM, foi solicitado reforço, mas, antes mesmo da chegada de outras viaturas, moradores começaram a partir para cima dos militares. Para conter o tumulto, os policiais fizeram uso de spray de pimenta e tiro de borracha, para reprimir a ação das pessoas. O criminoso aproveitou a confusão para fugir e até o fechamento desta matéria, não havia sido encontrado.

Ficamos felizes em tê-lo como nosso leitor! Assine para continuar aproveitando nossos conteúdos exclusivos: Assinar Já é assinante? Acesse para fazer login

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em um de nossos grupos de Whatsapp

MATÉRIAS RELACIONADAS