Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Suspeito é preso após arrombar igreja para furtar arroz, leite e bíblias

| 09/10/2020 09:29 h | Atualizado em 09/10/2020, 09:53

Alta de preços que assusta consumidores na região metropolitana.
Alta de preços que assusta consumidores na região metropolitana. |  Foto: Foto: Kadidja Fernandes
Um suspeito invadiu uma igreja Adventista em Campo Verde, Cariacica, para roubar alimentos, televisão e até bíblias, na noite desta quinta-feira (08). Um vizinho foi quem descobriu que tinha alguém dentro do prédio e acionou o responsável pelo templo, que chamou a polícia.

A invasão aconteceu por volta das 20h. Segundo o depoimento do ancião da igreja à polícia, depois de perceberem que o templo tinha sido invadido, os próprios vizinhos cercaram o local enquanto os militares não chegavam.

O ancião foi até a igreja e gritou para que o suspeito saísse lá de dentro. Ele obedeceu e apareceu na porta com três mochilas, contendo quatro bíblias, cinco quilos de arroz, um litro de leite e um pacote de biscoito. Do lado de fora, ele já tinha deixado uma televisão de 50 polegadas enrolada num cobertor.

De acordo com as testemunhas, o criminoso teria pulado o muro e arrombado uma janela dos fundos da igreja, por onde conseguiu entrar. O ancião ainda contou para os policiais que, no início da pandemia da Covid-19, houve um furto parecido no local, onde o ladrão também levou uma televisão e alimentos que seriam doados à população.

Pela semelhança dos crimes, o ancião acredita que ele tenha sido cometido pelo mesmo suspeito.

O criminoso tem 24 anos e assumiu a culpa: ele confessou que quebrou a janela para entrar e roubar os alimentos e objetos. Tudo isso para sustentar o vício em crack. Ele foi autuado por tentativa de furto.

Ficamos felizes em tê-lo como nosso leitor! Assine para continuar aproveitando nossos conteúdos exclusivos: Assinar Já é assinante? Acesse para fazer login

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em um de nossos grupos de Whatsapp

MATÉRIAS RELACIONADAS