X

Olá, faça o seu cadastro para ter acesso a este conteúdo

*Você não será cobrado

Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Suposto responsável pela contabilidade do tráfico é preso em Vitória

Com ele foram encontradas anotações de valores das transações, que ultrapassavam R$ 1 milhão

Redação Tribuna Online | 27/07/2022 15:18 h

Um homem de 34 anos foi preso em flagrante na última terça-feira (26) durante uma ação da Polícia Civil no bairro Bonfim, em Vitória. Com ele a polícia encontrou uma pistola, munições, R$ 3 mil em dinheiro e um caderno com anotações do tráfico, indicando transações com valores que ultrapassavam R$ 1 milhão.

A operação foi realizada depois que a equipe recebeu uma denúncia de que um homem estava negociando armas de fogo e drogas em uma residência do bairro. Os policiais foram até o local onde estava escondido o suposto responsável pela contabilidade do tráfico de uma organização criminosa do Bairro da Penha, em Vitória.

“Os policiais passaram a se posicionar em pontos estratégicos e visualizaram um indivíduo correndo com uma arma de fogo em direção ao fundo da casa”, contou o delegado Brenno Andrade, que está respondendo pela Divisão Especializada de Repressão aos Crimes Contra o Patrimônio. 

A polícia realizou uma espécie de cerco, posicionando policiais em frente às duas entradas da casa do homem.  "O suspeito viu as equipes e jogou a arma de fogo em direção à casa dos fundos e outro objeto em cima do telhado de outra casa também dos fundos”, disse o delegado.

O outro objeto era o caderno de anotações e contabilidade do tráfico de drogas, que indicava transações com valores acima de um milhão de reais. O homem foi preso em flagrante e autuado pelos crimes de posse ilegal de arma de fogo e associação para o tráfico. Ele foi encaminhado para o Centro de Triagem de Viana (CTV). 

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em um de nossos grupos de Whatsapp

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em nosso grupo do Telegram

MATÉRIAS RELACIONADAS