X

Olá, faça o seu cadastro para ter acesso a este conteúdo

*Você não será cobrado

Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Redes irregulares são apreendidas em operação no litoral da Grande Vitória

Cerca de 1.200 metros de redes irregulares foram apreendidos

Redação Tribuna Online | 03/02/2022 15:30 h

Batalhão de Polícia Militar Ambiental realizou operação com a Capitania dos Portos
Batalhão de Polícia Militar Ambiental realizou operação com a Capitania dos Portos |  Foto: Divulgação Polícia Militar
 

Uma fiscalização do Batalhão de Polícia Militar Ambiental (BPMA) em conjunto com a Capitania dos Portos pelo litoral da Grande Vitória apreendeu cerca de 1.200 metros de rede irregular na quarta-feira (2). 

De acordo com a Polícia Militar, a ação teve objetivo de coibir a prática da pesca predatória, que ocorre principalmente através de redes dispostas irregularmente pela região e acabam matando animais marinhos que ficam presos a este material.

A bordo da embarcação da Capitania dos Portos, a operação iniciou com o patrulhamento pela Área de Proteção Ambiental Baía das Tartarugas, Vitória, e seguiu por toda a orla de Vila Velha, até a foz do rio Jucu.

Segundo a PM, foram apreendidas três redes de espera que totalizavam cerca de 1200 metros lineares, que foram entregues na Delegacia de Polícia Judiciária.

"Os peixes que se encontravam emalhados nas redes foram retirados e devolvidos em liberdade para o oceano", informou.

A Polícia Militar Ambiental ressalta que continuará realizando ações conjuntas de fiscalização com o objetivo de coibir os crimes ambientais que vem acontecendo na região e que a população pode ajudar nesse trabalho, denunciando crimes ambientais através do site disquedenuncia181.es.gov.br ou ligando para o telefone 181.

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em um de nossos grupos de Whatsapp

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em nosso grupo do Telegram

MATÉRIAS RELACIONADAS