X

Olá, faça o seu cadastro para ter acesso a este conteúdo

*Você não será cobrado

Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Recém-nascido de 3 dias sobrevive a acidente com 5 mortos: 'Conseguimos achá-lo através do choro', diz bombeiro

| 16/08/2021 19:00 h | Atualizado em 16/08/2021, 19:14

Cinco pessoas morreram em um grave acidente envolvendo dois carros e uma carreta na MG-307, próximo ao trevo de Grão Mogol na noite desse domingo (15). Um recém-nascido, de três dias, estava em um dos veículos e foi resgatado sem ferimentos.

Recém-nascido foi resgatado sem ferimentos após grave acidente na MG-307
Recém-nascido foi resgatado sem ferimentos após grave acidente na MG-307 |  Foto: Samu/ Divulgação
Segundo informações do Corpo de Bombeiros, os dois veículos bateram na carreta bitrem que saiu de uma estrada vicinal e entrou na rodovia. A perícia foi acionada e as causas do acidente serão investigadas. Um dos carros era da Prefeitura de Botumirim e transportava cinco pessoas, entre elas o recém-nascido e a mãe. No outro veículo, viajavam duas pessoas. O motorista morreu no local e o passageiro, de 30 anos, foi resgatado com escoriações e suspeita de fratura.

“Nós chegamos ao local e constatamos os quatro óbitos no carro e não vimos o bebê. Em seguida, conseguimos retirar com vida o passageiro do outro veículo. Já estávamos felizes por isso quando veio à surpresa. Os colegas escutaram o choro da criança e ao voltarmos para averiguar, encontramos o bebê no assoalho do veículo debaixo dos corpos. Ele estava bem escondido e conseguimos achá-lo através do choro. A gente realmente não esperava e foi uma alegria e emoção para todo mundo, resgatar essa criança ilesa. Os dois carros ficaram destruídos e não encontramos nenhum ferimento no recém-nascido”, contou o sargento Layon Freitas Pereira, ao portal G1.

O sargento acredita que o bebê conforto pode ter ajudado a proteger o recém-nascido.

“Ele estava fora do bebê conforto quando o encontramos, mas provavelmente foi o equipamento que ajudou a proteger bastante. O recém-nascido foi levado para o hospital de Grão Mogol onde passou por uma avaliação e depois foi transferido pelo Samu”.

Segundo a assessoria do Samu, a criança apresentava hipoglicemia e foi medicada. Em seguida, ela foi levada para o hospital de Francisco Sá e transferida para a Santa Casa de Montes Claros na manhã desta segunda-feira (16). A assessoria do hospital informou que o estado de saúde é estável e "o recém-nascido está sendo avaliado pelos médicos, mas até o momento não foi necessário nenhum procedimento".

Por telefone, a secretária de Saúde de Botumirim, Jéssica Messias Oliva Carvalho, disse ao G1 que a mãe deu à luz em um hospital de Montes Claros e estava retornando para o município quando aconteceu o acidente. O motorista da prefeitura saiu da cidade por volta das 15h desse domingo para buscar pacientes em Montes Claros e a previsão era de chegar no município por volta de 21h30.

Carro em que o bebê estava entrou debaixo da carreta e ficou destruído
Carro em que o bebê estava entrou debaixo da carreta e ficou destruído |  Foto: Corpo de Bombeiros/ Divulgação

De acordo com a secretária, morreram no acidente a mãe do bebê Fernanda Caroline Alves Ferreira, de 23 anos, o motorista da prefeitura Eliomar Célio Pereira dos Santos, de 47 anos, Sebastião Pereira dos Santos, de 50 anos, e a filha dele Samara de Jesus dos Santos, de 18 anos. Sebastião tinha feito uma cirurgia em Montes Claros e estava acompanhado da filha. A prefeitura de Botumirim decretou luto oficial de três dias.

Os corpos das vítimas foram encaminhados para o Instituto Médico Legal de Montes Claros. De acordo com o IML, o motorista do outro carro era José Alves de Souza, de 59 anos. Ele era de Grão Mogol e retornava de uma viagem para Jaíba.

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em um de nossos grupos de Whatsapp

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em nosso grupo do Telegram

MATÉRIAS RELACIONADAS