X

Olá, faça o seu cadastro para ter acesso a este conteúdo

*Você não será cobrado

Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Presos suspeitos de furtar R$ 150 mil em ouro no Noroeste do ES

As equipes não localizaram o material furtado

Redação Tribuna Online | 18/07/2022 14:00 h

Prisão de suspeito
Prisão de suspeito |  Foto: Divulgação Sesp
 

Dois homens, de 30 e 31 anos, foram presos pela equipe da Delegacia de Polícia de São Gabriel da Palha, em ação conjunta com a Polícia Militar. Eles são suspeitos de furtarem cerca de R$ 150 mil  em ouro no bairro Santa Rita, também em São Gabriel da Palha, na noite do último dia 10 de julho.

A prisão foi realizada no sábado (16), nos bairros Aimorés e Santa Helena, em São Gabriel da Palha, no Noroeste do Espírito Santo. 

“Ao todo foram cumpridos dois mandados de prisão preventiva e quatro mandados de busca e apreensão nos bairros”, conta o titular da Delegacia de Polícia de São Gabriel da Palha, delegado Rafael Caliman.

As equipes não localizaram o material furtado, mas apreenderam celulares, bem como camisa e a motocicleta utilizadas no crime. Os suspeitos foram encaminhados ao Centro de Detenção Provisório (CDP) de São Domingos do Norte.

O crime

Na noite do último domingo (10), policiais militares foram acionados para irem ao bairro Santa Rita, em São Gabriel da Palha, verificar uma ocorrência de furto em residência. No local, um homem relatou que por volta das 16h, saiu de casa para ir em uma cavalgada da Apae que acontecia no Parque de Exposições. 

Quando retornou para casa, por volta das 19h30, sentou na área de lazer da residência e após alguns minutos percebeu que havia um banco encostado na parede de marcas de pés. Dessa forma, notou que alguém havia invadido sua casa e arrombado uma das portas. 

A esposa do morador possuía ouro em casa e logo imaginou que o material poderia ter sido subtraído. Ela foi na gaveta e não o encontrou. Segundo a moradores, a quantidade aproximada de ouro era de R$ 80 mil com possibilidade de venda de R$ 150 mil.

Ela não soube dizer o que específico. O ouro estava trancado em uma gaveta. Dessa forma, os indivíduos pegaram ferramentas para abri-la. Da residência também foi furtada a quantia de mil reais em dinheiro.

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em um de nossos grupos de Whatsapp

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em nosso grupo do Telegram

MATÉRIAS RELACIONADAS