Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Policial suspeita de emboscada e atira contra homens na Serra

O PM estava de folga na hora, esperando familiares atrás de uma rodoviária

Júlia Afonso | 02/03/2022 14:12 h | Atualizado em 02/03/2022, 14:27

Local em que o policial esperava seus familiares, na Serra
Local em que o policial esperava seus familiares, na Serra |  Foto: Fábio Nunes/AT
 

 Um policial militar de folga atirou contra um trio após suspeitar que sofreria um ataque, na noite desta terça-feira (1º), nos fundos de uma rodoviária em Bairro de Fátima, na Serra. Ele estava no local aguardando a chegada de parentes quando notou o grupo se aproximando. 

Câmeras de videomonitoramento flagraram o grupo se aproximando do carro do policial, por volta das 19h20. Enquanto três chegam cada vez mais perto, um quarto homem fica na esquina dando cobertura. Em seguida, é possível ver o clarão dos tiros e todos correndo. 

No Boletim de Ocorrência, o policial, de 38 anos, disse que estava no carro quando viu o grupo com algo nas mãos. Ele tentou ligar par ao 190, para pedir apoio na abordagem, mas o celular dele descarregou. Quando saiu do veículo, ele teria ouvido um deles dizendo: “Confirma, é esse mesmo”.

Assista:

 

null Tribuna Online
 

O policial afirmou que, depois disso, percebeu que dois estavam armados e teriam atirado uma vez. O militar revidou, disparando 14 vezes. O grupo correu em direção ao bairro Boa Vista. Equipes fizeram buscas pela região e encontraram dois suspeitos. 

Já na delegacia, o policial garantiu que um deles tinha participado do caso. A reportagem entrou em contato com a Polícia Civil, para descobrir se a dupla tinha sido autuada, mas a assessoria respondeu que não consegue localizar as ocorrências em pontos facultativos. 

Motivação

A possível motivação para a emboscada, de acordo com o militar, seria porque ele já trabalhou no Batalhão que cobre a área do bairro Boa Vista, realizando algumas prisões na região. Por isso, acredita que pode ter sofrido alguma represália de criminosos locais. O caso seguirá sob investigação.

Ficamos felizes em tê-lo como nosso leitor! Assine para continuar aproveitando nossos conteúdos exclusivos: Assinar Já é assinante? Acesse para fazer login

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em um de nossos grupos de Whatsapp

MATÉRIAS RELACIONADAS