Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Policial reage a assalto e dá 5 tiros em ladrão de carro

| 01/12/2019 14:15 h

Uma policial civil de 48 anos reagiu a uma tentativa de assalto e atingiu um dos suspeitos com cinco tiros, na manhã de sábado (30), em Jardim Guadalajara, Vila Velha. De acordo com a Polícia Militar, a vítima, que não quis se identificar, estava chegando em casa, de carro, por volta das 10 h, quando dois criminosos anunciaram o assalto e exigiram as chaves do veículo, um Ônix branco.

Quando os bandidos entraram no carro, ela se identificou como policial civil e deu voz de prisão a eles. Nesse momento, os suspeitos teriam começado a atirar na vítima.

“Eles dispararam contra ela e a mesma revidou. Um dos suspeitos acabou sendo alvejado e o outro conseguiu sair correndo e fugir”, afirmou o cabo Laboti, um policial militar que atendeu a ocorrência.
Um terceiro homem também teria participado da ação. “Tinha um outro homem. Ele dirigia um Siena e ajudou na fuga do segundo suspeito”.

Marcas de tiros  na porta do Ônix da policial civil rendida por bandidos, que não conseguiram levar o veículo.
Marcas de tiros na porta do Ônix da policial civil rendida por bandidos, que não conseguiram levar o veículo. |  Foto: Jaciele Simoura

O assaltante atingido pelos disparos tentou fugir e pulou o muro de uma casa vizinha, mas não conseguiu correr e ficou aguardado socorro no local. Ele foi atendido por uma equipe do Samu-192 e encaminhado a um hospital no mesmo município. Não foram divulgadas informações sobre seu estado de saúde.

A Polícia Militar informou que o suspeito tem passagem por tráfico de drogas e roubo.
A policial civil abordada pelos criminosos não foi atingida pelos disparos. Ela contou que, apesar do susto, sua única preocupação no momento do assalto era com sua mãe, que poderia estar em casa e ser atingida por uma bala perdida.

“Eu fiquei pensando na minha mãe, mas, graças a Deus, ela não estava em casa no momento. Estava na igreja, orando por mim.”

A vítima também disse que não esperava que os suspeitos atirassem. “Eu anunciei que era policial e eles começaram a disparar. Foi um susto. Eles foram muito ousados em atirar contra uma policial. Então, eu abaixei e comecei a revidar”.

O irmão da vítima, um policial civil de 45 anos, que não quis se identificar, acredita que os suspeitos tenham achado que seria mais fácil de assaltar a policial por ser ela mulher. “Eles estavam enganados. Graças a Deus, ela conseguiu pensar rápido e reagir”.

A vítima acredita que foi seguida pelos suspeitos desde que saiu de um supermercado. “As câmeras do vizinho filmaram meu carro passando e eles vindo logo atrás. Antes de ir para casa, eu passei em um supermercado e visitei outro vizinho, as imagens mostram os bandidos me seguindo nesse trajeto”.

Os moradores da região se surpreendera com o crime. “Não é normal isso acontecer aqui. Os bandidos foram ousados e não deviam saber que ela é policial”, disse um morador de 60 anos, que também não quis se identificar.

Ficamos felizes em tê-lo como nosso leitor! Assine para continuar aproveitando nossos conteúdos exclusivos: Assinar Já é assinante? Acesse para fazer login

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em um de nossos grupos de Whatsapp

MATÉRIAS RELACIONADAS