X

Olá, faça o seu cadastro para ter acesso a este conteúdo

*Você não será cobrado

Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Polícia identifica adolescente que ameaçou realizar um ‘massacre’ em Linhares

As investigações foram concluídas, na terça-feira (19), quando policiais chegaram às publicações ameaçadoras

Taynara Nascimento, do jornal A Tribuna | 20/07/2022 17:39 h

A Polícia Civil foi acionada na escola Elza Roni Scarpati, em Linhares, para investigar uma ameaça de um possível “massacre” que aconteceria no local. 

O dia da suposta ameaça foi acompanhado pelas polícias civil e militar, que deram suporte aos alunos e funcionários da escola. As investigações foram concluídas na terça-feira (19), quando policiais chegaram às publicações ameaçadoras.

As ameaças partiram de um estudante de 12 anos. Os policiais chegaram à autoria após um trabalho minucioso de rastreamento das publicações. O adolescente foi ouvido e confessou a autoria do crime, dizendo que fez isso para de se vingar de um aluno que lhe ameaçava, mas negou que tivesse a intenção de cometer os crimes que disse que iria praticar. Além disso, afirmou que as fotos das armas incluídas na publicação, na verdade, foram retiradas da internet. 

O delegado que acompanhou o caso, Fabrício Lucindo, alertou que os pais e responsáveis devem ficar atentos ao que seus filhos fazem na internet, evitando que sejam vítimas de crimes e também que os pratiquem. “A resposta da polícia confirma que os crimes praticados na internet deixam rastros e serão devidamente investigados e punidos. A pessoa vai responder pelos seus atos, junto a vara da infância e da juventude de Linhares”, disse.

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em um de nossos grupos de Whatsapp

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em nosso grupo do Telegram

MATÉRIAS RELACIONADAS