X

Olá, faça o seu cadastro para ter acesso a este conteúdo

*Você não será cobrado

Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

PM mata mulher, três filhos, mãe, irmão e mais duas pessoas

O caso aconteceu nas cidades de Toledo e Céu Azul, no oeste do Paraná

Agência Estadão | 15/07/2022 10:26 h

Um policial militar lotado no 19º Batalhão da Polícia Militar (BPM) matou oito pessoas, sendo seis da própria família e mais outras duas, que segundo registro pessoal, foram escolhidas aleatoriamente. Em seguida, ele cometeu suicídio entre a noite desta quinta-feira (14), e a madrugada desta sexta-feira (15), nas cidades de Toledo e Céu Azul, no oeste do Paraná.

Segundo o boletim de ocorrência do caso, o PM identificado como Fabiano Junior Garcia matou inicialmente a mulher, Kassiele Moreira, e a filha Amanda Mendes Garcia na residência do casal, em Toledo.

Em seguida foi a um imóvel em outra rua da cidade e tirou a vida da mãe, Irene Garcia, e do irmão, Claudiomiro Garcia, além de matar mais duas pessoas que, segundo o registro policial, aparentemente foram escolhidas aleatoriamente: Kaio Felipe Siqueira da Silva e Luiz Carlos Becker.

Já na cidade de Céu Azul, distante cerca de 65 km de Toledo, o policial Fabiano Junior Garcia ainda matou seus dois filhos mais novos, Miguel Augusto da Silva Garcia e Kamili Rafaela da Silva Garcia.

O militar teria então retornado para Toledo e se deparou com uma equipe da PM que prestava atendimentos no local onde ele havia matado a mulher e a filha. Ele então passou em baixa velocidade pelo local e, após estacionar o carro, cometeu suicídio.

Equipes de socorro foram acionadas, mas apenas puderam constatar o óbito de Fabiano Garcia, que estava com uma arma de fogo funcional, bem como munições e carregadores, além de uma faca que possivelmente foi utilizada no homicídio da mãe. Ainda segundo informações da polícia, o PM estava em processo de separação e tinha dívidas.

CVV

O Centro de Valorização da Vida (CVV) realiza apoio emocional e prevenção do suicídio, atendendo voluntária e gratuitamente todas as pessoas que querem e precisam conversar, sob total sigilo por telefone, email e chat 24 horas todos os dias.

Formas de contato:

> Telefone: 188

> Chat

> Email

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em um de nossos grupos de Whatsapp

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em nosso grupo do Telegram

MATÉRIAS RELACIONADAS