Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Pedreiro é preso após turista ter R$ 2 mil roubados durante sexo grupal

| 12/10/2020 20:05 h

Fernando de Noronha
Fernando de Noronha |  Foto: Divulgação/Facebook

Um pedreiro foi preso em flagrante após ser acusado por um médico de ter roubado a quantia de R$ 2 mil. De acordo com informações do G1, o crime ocorreu na Ilha de Fernando de Noronha, na madrugada de domingo (11), enquanto o médico participava de um sexo grupal com o suspeito e outros três trabalhadores.

Ao G1, a comissária especial da Polícia Civil, Eva Moura, explicou que o médico estava na ilha realizando turismo e estava hospedado em uma pousada. Por volta das 3 horas, ele retornava para o local da hospedagem quando se deparou com os quatro trabalhadores.

“Nas proximidades da BR-363, o turista se deparou com quatro homens, e um deles questionou se o visitante teria interesse em sexo. O turista respondeu e indagou se o ato poderia ser com os quatro trabalhadores, e os homens aceitaram a proposta”, afirmou a comissária ao G1.

De acordo com ela, os cinco homens foram para um terreno baldio próximo a uma creche, onde o turista confirmou que eles praticaram o ato. No entanto, um dos trabalhadores pegou a pochete do médico e fugiu. Dentro dela, havia R$ 2 mil.

A comissária relatou que, ao perceber que a pochete foi levada, o turista perseguiu o pedreiro, que jogou o objeto fora, mas o dinheiro não estava mais na bolsa.

Por uma foto que o médico fez do suspeito a polícia conseguiu localizá-lo e ele devolveu metade do valor ao ser preso. Em audiência de custódia, o pedreiro foi solto e responderá ao processo em liberdade.
 

Ficamos felizes em tê-lo como nosso leitor! Assine para continuar aproveitando nossos conteúdos exclusivos: Assinar Já é assinante? Acesse para fazer login

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em um de nossos grupos de Whatsapp

MATÉRIAS RELACIONADAS