X

Olá, faça o seu cadastro para ter acesso a este conteúdo

*Você não será cobrado

Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Pai é preso por suspeita de prostituir a filha e usar dinheiro para comprar drogas

| 18/08/2021 17:06 h | Atualizado em 19/08/2021, 11:21

Imagem ilustrativa da imagem Pai é preso por suspeita de prostituir a filha e usar dinheiro para comprar drogas

Um homem foi preso por policiais militares, na noite de terça-feira (17), em Linhares, no Norte do Estado, suspeito de prostituir a filha, de 11 anos. Segundo a PM, com pai pegava o dinheiro dos programas para comprar drogas.

De acordo a corporação, policiais receberam denúncias da exploração sexual da adolescente e foram até o bairro informado. O nome do bairro não será informado para preservar a identidade da menina.

O Conselho Tutelar da cidade também estava em busca do suspeito, após receber denúncia de moradores.

"Militares realizaram buscas e encontraram o suspeito juntamente com a menor. O Conselho Tutelar foi comunicado e a equipe também esteve no local, sendo apresentada aos presentes a denúncia de que o indivíduo estava usando a filha para prostituição e que o dinheiro era utilizado para a compra de drogas", informou, em nota, a PM.

Um dos conselheiros, que pediu para não se identificar, informou que o suspeito e a criança próximos a um comércio.

"A Polícia Militar encaminhou ele para a delegacia e o Conselho Tutelar ficou com a criança para aplicar medidas de proteção, descritas pelo Estatuto da Criança e do Adolescente", disse o conselheiro, sem detalhar quais medidas são essas.

O conselheiro informou que a equipe ainda está levantando informações para saber se a criança possui outros familiares no município.

Já o suspeito foi conduzido para a 16ª Delegacia Regional. 

Por meio de nota, a Polícia Civil informou que "um homem de 28 anos foi conduzido à Delegacia Regional de Linhares, onde foi ouvido e liberado, após a autoridade policial constatar que não haviam elementos suficientes para lavrar auto de prisão em flagrante naquele momento. A criança foi encaminhada ao Serviço Médico Legal (SML) de Linhares e está sob a guarda do Conselho Tutelar do município.

O caso seguirá sob investigação da Delegacia Especializada de Proteção à Criança e Adolescente e Idoso (DPCAI) de Linhares e, já que o caso envolve uma menor de idade, sob segredo de Justiça. A PCES destaca que a população pode auxiliar na investigação por meio do telefone 181. O Disque-Denúncia é uma ferramenta segura, onde não é necessário se identificar para denunciar".

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em um de nossos grupos de Whatsapp

MATÉRIAS RELACIONADAS