X

Olá, faça o seu cadastro para ter acesso a este conteúdo

*Você não será cobrado

Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Operação contra tráfico de drogas cumpre mandados de prisão em três cidades do Estado

| 10/08/2021 07:23 h | Atualizado em 10/08/2021, 13:08

Operação da Polícia Federal cumpre mandados em três cidades do Estado.
Operação da Polícia Federal cumpre mandados em três cidades do Estado. |  Foto: Divulgação/PF

A Polícia Federal do Espírito Santo deflagrou uma operação para combater o tráfico de drogas interestadual na manhã desta terça-feira (10). Aqui no Estado, foram cumpridos mandados de prisão e de busca e apreensão em Vitória, Guarapari e Conceição da Barra.

A Operação Párvulo também teve alvos em Foz do Iguaçu (PR), Imbituba (SC) e Belo Horizonte (MG). Aproximadamente 100 policiais federais cumpriram 19 mandados de prisão, 20 mandados de busca e apreensão em residências e empresas, além do bloqueio judicial de dezenas de contas bancárias.

Segundo a PF, a ação contou com o apoio do Grupo de Operações com Cães da Polícia Rodoviária Federal e teve como objetivo a obtenção de novos elementos de provas para desmantelar uma organização criminosa dedicada ao tráfico interestadual de drogas que operava em quatro estados.

A Operação Párvulo teve início ainda no ano passado com a investigação de um indivíduo que supostamente compraria grandes quantidades de haxixe e drogas sintéticas (ecstasy) na cidade paranaense de Foz do Iguaçu e as distribuiria para traficantes menores em Guarapari e arredores.

Com o avanço da investigação, a PF constatou a existência de um refinado esquema de tráfico de drogas, com alcance  também nos Estados de Santa Catarina e Minas Gerais.

Para garantir o fluxo de dinheiro necessário, diversas contas bancárias de “laranjas” em Foz do Iguaçu eram utilizadas para comprar drogas e para receber os valores decorrentes de suas vendas.

Lavagem de dinheiro

Algumas dessas contas também eram utilizadas para a ocultação dos lucros obtidos pelos investigados. Há ainda indícios de lavagem de dinheiro em negócios regulares, como a compra e venda de veículos, onde os valores auferidos ilegalmente a partir da venda das drogas seriam então regularmente inseridos na economia, com a aparência de legalidade.

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em um de nossos grupos de Whatsapp

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em nosso grupo do Telegram

MATÉRIAS RELACIONADAS