X

Olá! Você atingiu o número máximo de leituras de nossas matérias especiais.

Para ganhar 90 dias de acesso gratuito para ler nosso conteúdo premium, basta preencher os campos abaixo.

Já possui conta?

Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Pernambuco
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Pernambuco
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Espírito Santo
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Espírito Santo
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo

Polícia

Ônibus do Bahia é atingido por bomba e dois jogadores ficam feridos

Os estilhaços acabaram ferindo ao menos dois jogadores


Imagem ilustrativa da imagem Ônibus do Bahia é atingido por bomba e dois jogadores ficam feridos
|  Foto: Reprodução/Instagram @ecbahia

O ônibus com a delegação do Bahia foi atacado com uma bomba, na noite desta quinta-feira (24), em Salvador enquanto trafegava nas proximidades da Arena Fonte Nova. O artefato explosivo atingiu o parabrisa traseiro e a janela lateral do veículo (veja as fotos no fim da matéria).

Os estilhaços acabaram ferindo ao menos dois jogadores: o goleiro Danilo Fernandes e o lateral-direito Matheus Bahia. De acordo com o clube, o caso mais preocupante é de Danilo Fernandes, atingido por estilhaços no rosto e já encaminhado a um hospital.

Ao menos três artefatos foram lançados em direção ao veículo, sendo que um explodiu dentro do ônibus. Um carro que transitava ao lado do ônibus da equipe também acabou atingido por uma bomba.

A equipe do Bahia seguia para o estádio para disputar a sua primeira partida da Copa do Nordeste deste ano contra o Sampaio Corrêa (MA).

Mesmo com o ataque, a equipe decidiu entrar em campo: "O grupo, através da sua dignidade e do seu profissionalismo, vai entrar em campo para honrar as cores do Bahia", afirmou o técnico Guto Ferreira.

O governador da Bahia, Rui Costa (PT), repudiou o ataque aos jogadores em postagem nas suas redes sociais e informou ter determinado imediata apuração do episódio.

"Nada justifica o ataque covarde contra o ônibus do Bahia na noite desta quinta. Futebol não é campo de guerra, é paixão. Determinei imediata apuração. Jogadores, sejam eles do Bahia, Vitória ou qualquer outro time, são profissionais e merecem respeito. O crime será investigado e os autores do atentado –que eu prefiro não chamar de torcedores– devem ser julgados pela justiça", afirmou Rui Costa.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Leia os termos de uso

SUGERIMOS PARA VOCÊ: