X

Olá, faça o seu cadastro para ter acesso a este conteúdo

*Você não será cobrado

Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Mulher vai parar no hospital após ser agredida pelo marido e pela sogra

Dona de casa foi parar no hospital depois que o marido a segurou para que idosa de 67 anos a atingisse com barra de ferro

Kananda Natiely, do jornal A Tribuna | 23/07/2022 13:34 h

Uma dona de casa, de 32 anos, viveu momentos de pânico nas mãos do próprio marido, um homem de 35, e da própria sogra, em Flexal I, Cariacica. 

Além de segurar o pescoço da mulher e quase enforcá-la, ele ainda segurou a vítima para que a mãe dele, uma idosa de 67 anos, atingisse a companheira com uma barra de ferro na cabeça. 

O crime aconteceu na última quinta-feira. Após as agressões, a vítima precisou ser encaminhada para o Hospital de Urgência e Emergência (HEUE), em  Vitória, onde precisou levar vários pontos na cabeça. O estado de saúde dela não foi informado pela polícia. O caso foi registrado pela Polícia Militar que foi até o local do fato. 

Ao chegarem na residência, os militares foram informados pela vítima que, após uma discussão com seu marido, o mesmo a pegou pelo pescoço e a segurou, para que a sogra dela a agredisse.  A  idosa teria utilizado uma barra de ferro e desferido vários golpes em sua cabeça.  

A agressão só parou, segundo relatos da vítima, após a intervenção de vizinhos, que seguraram o marido e a idosa. A mulher foi abrigada por populares que acionaram a polícia. 

No local das agressões, a polícia percebeu que a mulher apresentava várias lesões com sangramentos por todo o corpo, inclusive, na cabeça. 

Diante do crime, os militares deram voz de prisão para o filho e para a mãe, que resistiram, entrando em luta corporal com os policiais. 

O agressor, que não teve a identidade revelada pela polícia, apresentava lesões no joelho  que, segundo ele próprio, foram provocadas por um outro homem que tentou intervir na briga. 

Tanto mãe quanto o filho foram colocados no compartimento de segurança da viatura e levados para o Plantão Especializado da Mulher (PEM).  

Ainda segundo a PM, a barra de ferro usada na prática do crime apresentava manchas de sangue  e foi entregue aos policiais civis no Plantão Especializado da Mulher.

Em nota, a  Polícia Civil informou que o homem de 35 anos  foi autuado em flagrante por lesão corporal qualificada na forma da lei Maria da Penha. Já a idosa de 67 anos foi autuada em flagrante por desacato e lesão corporal qualificada na forma da lei Maria da Penha.  

A vítima solicitou uma Medida Protetiva de Urgência (MPU) e os  dois  foram encaminhados ao Centro de Triagem de Viana (CTV).

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em um de nossos grupos de Whatsapp

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em nosso grupo do Telegram

MATÉRIAS RELACIONADAS