Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Mulher é presa suspeita de matar grávida para raptar bebê

O corpo da vítima foi encontrado dentro de uma residência

Agência Folhapress | 21/12/2021 11:50 h

Uma mulher foi presa suspeita de matar uma jovem grávida de 22 anos, em situação de rua, na cidade de Marituba, região metropolitana de Belém, no Pará. O corpo da vítima foi encontrado dentro de uma residência do bairro Decouville. A polícia trabalha com a hipótese de que a suspeita, presa em flagrante, estava tentando raptar a criança.

Em depoimento, moradores afirmaram ter visto a suspeita saindo da casa com uma criança recém-nascida nos braços e ela teria pedido ajuda a um vizinho para ir até uma unidade de saúde.

Segundo a Polícia Civil, após passar pela UPA (Unidade de Pronto Atendimento do bairro e ser encaminhada a um hospital, os profissionais de saúde passaram a desconfiar do comportamento de mulher, que não se deixou examinar e exigia atendimento somente para o bebê.

O caso é investigado pela Divisão de Homicídios (DH) e um inquérito policial aberto apura se há o envolvimento de outras pessoas no crime.

Por meio de nota enviada ao UOL, a prefeitura de Marituba informou que o Conselho Tutelar está acompanhando o bebê, do sexo feminino, junto ao Hospital Divina Providência. O quadro de saúde da criança é estável.

"O Conselho Tutelar continua realizando o levantamento dos vínculos familiares com a finalidade de garantir a proteção dos direitos da criança como previsto pelo Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA)", complementa.

Encaminhada para o sistema prisional, a suspeita segue à disposição da Justiça. Ela não teve a identidade revelada e a polícia não informa se ela já teve defesa constituída. Caso haja manifestação por parte de representante legal da suspeita, este espaço será atualizado.

Ficamos felizes em tê-lo como nosso leitor! Assine para continuar aproveitando nossos conteúdos exclusivos: Assinar Já é assinante? Acesse para fazer login

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em um de nossos grupos de Whatsapp

MATÉRIAS RELACIONADAS