Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Mulher diz ter sido vítima de estupro coletivo em realidade virtual

Responsável pela RV em que aconteceu o caso, a Meta (antiga Facebook) confirmou o ataque

Redação Tribuna Online | 04/02/2022 16:59 h

Óculos de Realidade Virtual |
Óculos de Realidade Virtual | |  Foto: Pixabay
 

Uma mulher, de 43 anos, afirmou que teria sido sido vítima de um estupro coletivo na realidade virtual Horizon Worlds, que pertence à Meta (antiga Facebook). A fala de Nina Jane Patel, que mora em Londres, na Inglaterra, foi feita durante uma entrevista ao portal Medium.

De acordo com Nina, ela foi assediada verbalmente e sexualmente por quatro avatares masculinos, assim que entrou na plataforma, no dia 26 de novembro de 2021. As informações são do iG. 

“Praticamente estupraram meu avatar e eu tirei fotos. Enquanto eu tentava fugir, eles gritaram: ‘Não finja que você não amou'. Assédio sexual não é brincadeira na internet comum, mas estar em RV (realidade virtual) adiciona outra camada que torna o evento mais intenso. Eu fui tocada e havia outras pessoas lá que apoiavam esse comportamento, o que me fez sentir isolada na sala”, disse a mulher na entrevista.

De acordo com o portal, Nina entendeu a situação como um alerta de que podem ocorrer, no Metaverso, os mesmos crimes que acontecem no mundo real. “A mudança é inevitável para o Metaverso. Agora, causa mais preocupações se não for devidamente regulamentada e controlada.”

Ao ser questionada pelo portal, a empresa Meta confirmou o ataque contra o avatar de Nina.

Ficamos felizes em tê-lo como nosso leitor! Assine para continuar aproveitando nossos conteúdos exclusivos: Assinar Já é assinante? Acesse para fazer login

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em um de nossos grupos de Whatsapp

MATÉRIAS RELACIONADAS