X

Olá, faça o seu cadastro para ter acesso a este conteúdo

*Você não será cobrado

Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

MP: imóvel em que Queiroz foi preso é escritório do advogado de Flávio Bolsonaro

| 18/06/2020 10:20 h | Atualizado em 18/06/2020, 17:33

Frederick Wassef, advogado de Flávio Bolsonaro, diante do Palácio do Planalto, em Brasília.
Frederick Wassef, advogado de Flávio Bolsonaro, diante do Palácio do Planalto, em Brasília. |  Foto: Dida Sampaio/Estadão Conteúdo - 21/11/2019
O Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) do Ministério Público do Estado de São Paulo (MP-SP) confirmou que o imóvel em que Fabrício Queiroz, ex-assessor parlamentar do senador Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ), foi preso mais cedo na cidade de Atibaia (SP) é um escritório do advogado Frederick Wassef.

O criminalista defende o filho do presidente Jair Bolsonaro no caso que apura suposto esquema de "rachadinha" de verbas no seu antigo gabinete como deputado estadual.

Em nota, o MP-SP relata que o Gaeco foi responsável por levantar informações sobre o terreno no município paulista e pela confirmação do alvo da operação. Os mandados de prisão e de busca e apreensão foram expedidos pela Justiça do Rio de Janeiro, a pedido do Grupo de Combate à Corrupção (Gaecc) do Ministério Público fluminense.

A promotoria informa ainda que Queiroz será transferido para o Rio ainda nesta quinta-feira (18). O ex-assessor foi levado para a capital paulista.

Veja mais: Operação Anjo, que prendeu Queiroz, mira também em servidor da Alerj

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em um de nossos grupos de Whatsapp

MATÉRIAS RELACIONADAS