X

Olá, faça o seu cadastro para ter acesso a este conteúdo

*Você não será cobrado

Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Médica, condenada por mandar cortar pênis do ex, é investigada por agredir e torturar marido

Além do marido, os dois filhos também tinham sinais de agressão e foram recolhidos pelo conselho tutelar

Redação Tribuna Online | 03/02/2022 20:03 h

Uma médica de 41 anos é investigada por agredir e torturar o marido em Tremembé (SP). A suspeita é de Minas Gerais, onde chegou a ser presa e condenada por mandar cortar o pênis do ex-noivo em 2002.

Uma investigação foi aberta pela Polícia Civil após receber uma denúncia de que um homem vinha sendo vítima de agressão. Nas redes sociais, a médica compartilhava uma rotina de humilhações e agressões ao homem, que geralmente parecia estar sob efeito de remédios.

De acordo com o g1, nesta quarta-feira (2), a Polícia Civil cumpriu mandado de busca e apreensão no imóvel, que fica no bairro Flor do Vale. No local, o homem foi encontrado ferido, assim como as duas crianças, filhas da médica. A polícia não detalhou os ferimentos nelas. A médica não estava no imóvel e não foi encontrada.

Na casa, os policiais encontraram marcas de sangue no chão, que a vítima, que é estudante de veterinária, disse ser dele, de agressão sofrida no dia anterior. À polícia, o homem confirmou que ele e as crianças eram vítimas de agressão e que se mantinha na relação por dependência financeira. Ele ainda confirmou ser ele a pessoa exposta nas imagens pela médica.

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em um de nossos grupos de Whatsapp

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em nosso grupo do Telegram

MATÉRIAS RELACIONADAS