X

Olá, faça o seu cadastro para ter acesso a este conteúdo

*Você não será cobrado

Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Mais duas advogadas são presas suspeitas de tráfico de drogas no ES

| 23/10/2020 16:56 h | Atualizado em 23/10/2020, 22:33

Outras duas advogadas foram presas no Estado sob suspeita de participação de envolvimento no tráfico de drogas, durante operação da Polícia Civil do Espírito Santo (PCES) e a Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG), na manhã desta sexta-feira (23).

Coletiva de imprensa da Polícia Civil
Coletiva de imprensa da Polícia Civil |  Foto: Taynara Nascimento
A operação aconteceu a partir de uma ação conjunta para cumprimento de quatro mandados de prisão preventiva e seis mandados de busca e apreensão, em desfavor de advogados suspeitos de ligação com organizações criminosas, que atuam no tráfico de drogas nos estados do Espírito Santo e Minas Gerais.

Duas advogadas foram detidas, uma em Jardim da Penha, em Vitória e outra em Serra no bairro Jardim da Serra. Além das advogadas, um interno do Complexo de Segurança Maxima II, em Viana, também foi identificado como participante do esquema de troca de informações, do tráfico de drogas, que entram e saem das cadeias da Grande Vitória por meio dos advogados.

Uma advogada não foi encontrada, mas a polícia soube que recentemente ela fez uma viagem para Lisboa, em Portugal. Um outro advogado, morador de Fradinhos, em Vitória, também não foi encontrado em casa e se encontra foragido.

A ação é uma junção da Operação Vade Mecum, da Delegacia Especializada de Narcóticos (Denarc) Guarapari, e da Operação Marcos 4:22, da 4ª Delegacia de Polícia Civil de Muriaé. em Minas Gerais.

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em um de nossos grupos de Whatsapp

MATÉRIAS RELACIONADAS