X

Olá, faça o seu cadastro para ter acesso a este conteúdo

*Você não será cobrado

Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Mãe e filha de 15 anos grávida presas por tráfico no Sul do Estado

O caso aconteceu na noite deste domingo (24)

Clóvis Rangel | 25/07/2022 10:58 h

Imagem ilustrativa da imagem Mãe e filha de 15 anos grávida presas por tráfico no Sul do Estado
 

Duas mulheres, que não tiveram os nomes revelados, foram detidas com drogas, na noite deste domingo (24), em Cachoeiro de Itapemirim, Sul do Estado. De acordo com a Guarda Civil Municipal (GCM), as duas são mãe e filha, de 15 anos, que estaria grávida. 

Ainda de acordo com a Guarda Municipal, durante ação preventiva, a equipe avistou sete pessoas, entre elas três homens, em atitude suspeita, aparentemente fazendo uso de entorpecentes nas proximidades do Ginásio Municipal Nello Volla Borelli.

Ao perceber a aproximação da viatura, todos se levantaram e uma delas, que posteriormente verificou-se ser menor de idade, ficou nervosa. Todos se levantaram diante da abordagem e ao se levantar, caiu da roupa da menor uma sacola. 

Diante da inquietação, e desconfiados de que havia mais drogas com ela, foi realizada e em seu bustiê foi encontrada uma substância análoga ao crack. Revistando a mãe, foi localizada substância análoga à cocaína e pinos da droga.

A GCM apreendeu os produtos dos bolsos e do bustiê das mulheres, e localizou também próximo ao local 33 pinos de substância análoga à cocaína. No total, foram apreendidos 39 pinos de cocaína, 19 pedras de crack, R$ 423 em notas e moedas e dois celulares

A mãe admitiu a comercialização de entorpecentes e ser proprietária do material apreendido. Com as outras cinco pessoas não foi encontrado nada irregular e elas foram liberadas. Mãe e filha foram encaminhadas à 7ª Delegacia Regional de Cachoeiro para as providências cabíveis.

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em um de nossos grupos de Whatsapp

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em nosso grupo do Telegram

MATÉRIAS RELACIONADAS