X

Olá, faça o seu cadastro para ter acesso a este conteúdo

*Você não será cobrado

Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Lavrador é suspeito de destruir casa e agredir ex-noiva no sul do Estado

| 19/10/2020 22:59 h | Atualizado em 20/10/2020, 06:30

Vítima e o atual namorado foram até a delegacia registrar ocorrência do caso
Vítima e o atual namorado foram até a delegacia registrar ocorrência do caso |  Foto: Divulgação

Revoltado ao saber do noivado de sua ex-mulher com outro homem, um lavrador de 26 anos invadiu a casa em que ela vive com o atual namorado, em Mimoso do Sul, agrediu os dois e ainda destruiu móveis, eletrodomésticos e aparelhos eletrônicos.

Transtornado, o agressor ainda teria ameaçado matar os dois filhos gêmeos de 8 anos dele com a ex-mulher e que estavam dentro da residência no momento da fúria.

A mulher, que é cuidadora de idosos, disse que está separada do marido há cinco anos e que atualmente namora um mecânico de 26 anos, com quem ficará noiva no mês que vem.

“A gente estava dormindo quando ele destruiu a porta e quebrou um bambu inteiro no meu namorado. Quebrou minha casa toda. Quebrou um ventilador em cima do meu namorado, que saiu para pedir ajuda”, relatou a vítima.

Transtornado, o homem correu atrás do namorado da ex-mulher e o agrediu no meio da rua. Depois, voltou para a casa dela e destruiu quase tudo que havia dentro da residência. Pegou um machado e danificou o carro do namorado dela.

Ela afirmou ainda que também foi agredida pelo ex-marido e chegou a ser arrastada no meio da rua. “Precisei fugir com meus dois filhos e outras duas crianças para a casa de meu cunhado, porque ele ameaçou todo mundo”, disse.

A cuidadora de idosos relata que está separada do ex-marido há cinco anos, mas que nunca conseguiu refazer sua vida porque ele a ameaça e já chegou a agredi-la. “Ele mora com outra há cinco anos, bate nela também. Fala que prefere me ver morta com os filhos do que viver com outra pessoa”, relatou.

Triste, a mulher chorou ao lembrar que havia acabado de comprar vários móveis e eletrodomésticos com o auxilio emergencial do governo federal e que foram destruídos pelo ex-marido.

Ela e o namorado foram à delegacia registrar boletim de ocorrência contra o agressor. A mulher disse que também pediu medida protetiva.

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em um de nossos grupos de Whatsapp

MATÉRIAS RELACIONADAS