X

Olá, faça o seu cadastro para ter acesso a este conteúdo

*Você não será cobrado

Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Irmãos presos por furto de motos em pátio da polícia

| 06/02/2020 07:17 h

As duas motocicletas tinha sumido após o furto que aconteceu no Depósito de Veículos Apreendidos da PCES
As duas motocicletas tinha sumido após o furto que aconteceu no Depósito de Veículos Apreendidos da PCES |  Foto: Divulgação/ PCES
Dois irmãos foram detidos suspeitos de participarem de um furto ao pátio da Polícia Civil para veículos apreendidos que fica na Serra. Eles estavam com duas motocicletas que foram levadas do depósito, e ainda disseram que tinham trocado os veículos por dois celulares.

Os suspeitos foram localizados na manhã de terça (4), em uma casa em Vila Nova de Colares, na Serra, após uma denúncia anônima. No quintal, estava uma Yamaha Shineray vermelha e uma Honda CG 125 azul.

As duas motocicletas tinha sumido após o furto que aconteceu no Depósito de Veículos Apreendidos da PCES (DVA/PCES), local conhecido como Pátio de Alterosas, no último dia 31. “Já tinha um buraco no muro. A iluminação do local é precária, então os suspeitos terminaram de quebrar a parede e entraram”, explicou o delegado Romualdo Gianordoli, na Delegacia de Furtos e Roubos de Veículos (DFRV).

A polícia ainda está fazendo o levantamento de quantos veículos foram furtados, mas, de acordo com o delegado, pelo menos cinco motos foram levadas.

Os irmãos disseram que tinham trocado os veículos por celulares. “Ou seja, os dois sabiam que a origem das motos não era lícita. Acreditamos que eles possam, sim, estar envolvidos no furto”, afirmou Gianordoli.

O mais velho, de 18 anos, foi autuado por receptação e encaminhado ao presídio. Já o adolescente, de 17 anos, vai responder em liberdade por ato infracional análogo à receptação.

Para o delegado, os suspeitos que invadiram o pátio não agiram em bando. “As investigações apontam que são pessoas do próprio bairro, que aproveitaram a oportunidade da fragilidade do muro para cometerem o crime, mas de forma individual.”

Uma das vítimas dos bandidos é o auxiliar de logística Gabriel Scardin, de 23 anos. Ele contou que a motocicleta dele foi furtada no dia 28, encontrada dois dias depois e levada para o pátio.

Na sexta de manhã, quando chegou até o local, ele teve uma surpresa nada agradável: a moto não estava mais lá. “Disseram que tinha sido furtada de madrugada junto com umas oito motos. Fiquei de mãos atadas. Pretendo entrar com um processo, porque dependo da moto para trabalhar e agora estou gastando muito com o deslocamento”, afirmou.

Segundo a polícia, o proprietário do imóvel, que é alugado, foi notificado para que providenciasse os reparos necessários, sob pena de aplicação de multa contratual e outras penalidades.

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em um de nossos grupos de Whatsapp

MATÉRIAS RELACIONADAS