Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Homem é preso suspeito de matar adolescente por ciúmes

Crime aconteceu em maio do ano passado em Nova Venécia

Leone Oliveira | 27/01/2022 17:23 h

DHPP de Nova Venécia
DHPP de Nova Venécia |  Foto: Divulgação / Polícia Civil
 

Um homem, de 22 anos, foi preso durante uma operação das polícias Civil e Militar, no bairro São Miguel, em Colatina, no Noroeste do Estado, na tarde de quarta-feira (26). Ele é suspeito de ter executado um adolescente, de 15 anos, e a motivação teria sido ciúmes. 

De acordo com a polícia, o suspeito terminou um relacionamento e a ex-namorada dele começou a se relacionar com o adolescente, que foi morto a tiros na zona rural de Nova Venécia, também na região Noroeste, no dia 8 de maio de ano passado. 

A prisão foi realizada durante uma operação das Delegacias de Homicídio e Proteção à Pessoa (DHPP) de Nova Venécia e Colatina, durante cumprimento do mandado de prisão preventiva.

Segundo a Polícia Civil, as investigações apontam que a motivação do crime seria ciúmes do relacionamento da ex-namorada do suspeito com a vítima.

“A mulher se relacionou com o suspeito e, após terminarem, ela voltou a se relacionar com a vítima. Chegou até a encaminhar mensagens do ex-namorado para a vítima, dando conta de que o suspeito não aceitava o romance entre eles”, contou o titular da Delegacia de Homicídio e Proteção à Pessoa (DHPP) de Nova Venécia, delegado Wilian Dobrovosk.

As investigações mostram que, no dia do crime, motivado pelos ciúmes, o suspeito criou um contato falso e chamou a vítima para um encontro sexual. Ao chegar no local, o adolescente foi emboscado e assassinado.

A polícia segue com as investigações para localizar um outro suspeito que teria ajudado o homem detido a cometer o crime. 

Ficamos felizes em tê-lo como nosso leitor! Assine para continuar aproveitando nossos conteúdos exclusivos: Assinar Já é assinante? Acesse para fazer login

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em um de nossos grupos de Whatsapp

MATÉRIAS RELACIONADAS