X

Olá, faça o seu cadastro para ter acesso a este conteúdo

*Você não será cobrado

Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Homem é preso após agredir a mulher e colocar fogo na casa em Vitória

| 14/08/2021 13:40 h | Atualizado em 14/08/2021, 13:57

Eletrodomésticos e itens pessoais foram destruídos com o incêndio
Eletrodomésticos e itens pessoais foram destruídos com o incêndio |  Foto: Leone Iglesias / AT

Um entregador, de 27 anos, foi preso após agredir e ferir a própria mulher,  uma adolescente de 16 anos, com um garfo no bairro São Pedro, em Vitória. Depois das agressões, ele ainda colocou fogo na casa e destruiu diversos móveis, eletrodomésticos e itens pessoais.

O caso aconteceu na madrugada deste sábado (14).

Em depoimento a polícia, a vítima contou que uma discussão entre o casal começou pela manhã de sexta-feira (13). Já na hora do almoço, o agressor teria feito uso de drogas e ingerido bebidas alcoólicas, antes de sair de casa e passar o dia fora. 

No fim da noite, ele chegou em casa e agrediu a adolescente verbalmente por conta de uma suposta traição. O entregador ainda puxou a filha do casal, uma criança de um ano e 10 meses, que - segundo a adolescente - quase foi machucada.

O agressor ainda pegou uma faca e furou a barriga da adolescente. A mulher conseguiu pegar a filha e sair de casa. Pouco tempo depois, descobriu que a casa havia sido incendiada.

Vizinhos tentaram controlar as chamas até a chegada dos Bombeiros, mas sem sucesso. “Perdi tudo. Geladeira, fogão, comidas, caixa de leite, fraldas, produtos de limpeza. Só recuperei uma trouxa de roupas da minha filha e do meu irmão”, lamentou a adolescente.

O agressor foi preso pela Polícia Militar e levado para o Plantão Especializado da Mulher, onde foi autuado por lesão corporal, injúria e ameaça, todos na forma da Lei Maria da Penha.

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em um de nossos grupos de Whatsapp

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em nosso grupo do Telegram

MATÉRIAS RELACIONADAS