X

Olá, faça o seu cadastro para ter acesso a este conteúdo

*Você não será cobrado

Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Homem atira em ex e posta foto de vítima: "Não vai trair mais ninguém"

A publicação foi feita cerca de uma hora e meia depois do ataque contra a vida da vítima, de 36 anos

Vinícius Rangel, da Agência Folhapress | 31/07/2022 09:38 h | Atualizado em 31/07/2022, 10:09

Um homem invadiu a casa de uma ex-companheira, em Itajubá, Minas Gerais, atirou em seu rosto e ainda postou uma foto dela numa rede social dizendo que ela "não vai trair ninguém mais". A vítima está em estado grave.

A publicação foi feita cerca de uma hora e meia depois do ataque contra a vida da vítima, de 36 anos. O crime aconteceu na madrugada deste sábado (30). Segundo a Polícia Militar que atendeu a ocorrência, o autônomo de 43 anos atirou no rosto da mulher por não aceitar o fim do relacionamento.

"Ao que tudo indica eles estavam junto há cerca de dois anos e ela terminou com ele já tendo em vista o comportamento agressivo do suspeito. Ele invadiu a casa dela de madrugada, pulou o muro, vizinhos ouviram uma discussão e um disparo. Fomos acionados por eles", afirmou o sargento Soares por telefone ao UOL.

Quando os policiais chegaram ao local, encontraram a vítima caída ao chão dentro do quarto onde ela dormia. O Samu chegou a ser acionado e socorreu a vítima em estado grave. A empresária deve passar hoje por uma cirurgia para a retirada da bala.

O autônomo fugiu após a tentativa de feminicídio. Ele é apontado pela Polícia Civil como o principal suspeito do crime e ainda não foi encontrado. Testemunhas relataram aos investigadores do caso que a vítima já tinha uma medida protetiva contra o autônomo e que a mulher já tinha sido agredida e ameaçada por ele.

"Vivia sendo ameaçada. Ele não deixava ela em paz desde quando terminaram. A medida protetiva não adiantou, não o afastou de lá. Ela tem uma filha que não é dele, a menina está arrasada. Estamos todos abalados e esperamos por justiça logo. Que seja preso", contou uma amiga da vítima que preferiu não ser identificada.

Revolta pelo fim do relacionamento

No perfil do suspeito, em uma página na internet, a reportagem encontrou algumas publicações dele deixando claro que não aceitava o fim da relação.

Em post feito no dia 20, ele afirmou que não tem ameaçado ninguém e que a vítima estaria cometendo uma injustiça. "Eu não gosto de injustiça e o que você tá fazendo comigo é injustiça você sabe muito bem disso. Jamais eu vou fazer uma ameaça. O que você tá fazendo é desleal", afirmou o suspeito

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em um de nossos grupos de Whatsapp

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em nosso grupo do Telegram

MATÉRIAS RELACIONADAS