Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

"Hipster da Federal" é morto a tiro após tentar invadir fazenda

O policial federal ficou famoso em 2016, quando fez escolta durante a prisão do ex-presidente da Câmara Eduardo Cunha

Redação Tribuna Online | 03/03/2022 10:20 h

O Hipster da Federal, Lucas Valença
O Hipster da Federal, Lucas Valença |  Foto: Reprodução/Instagram
 

O policial federal Lucas Soares Dantas Valença, de 36 anos, também conhecido na internet como "Hispter da Federal", morreu após invadir uma casa e ser baleado pelo morador. O caso aconteceu em Buritinópolis, na zona rural de Goiás, na noite desta quarta-feira (3). As informações são do Metrópoles.

De acordo com o relato de amigos e familiares à Polícia Militar, Lucas Soares estava em surto psicótico desde o dia anterior à ocorrência. Antes da invasão, o policial teria gritado do lado de fora da casa dizendo que havia um "demônio" ali dentro. 

Na residência, estavam o dono, a esposa e a filha do casal de 3 anos. Aos policiais, o morador contou que ouviu barulho de gente, em volta de sua casa, e uma gritaria com vários xingamentos. Depois disso, Lucas ainda teria desligado o padrão de energia e arrombado a porta.

Porta da casa invadida pelo policial
Porta da casa invadida pelo policial |  Foto: Divulgação/Polícia Militar
 

Já no escuro e com o homem dentro de sua casa, o dono da propriedade teria pedido para que o policial federal fosse embora, mas o policial não obedeceu. Com medo por sua família, o morador fez um disparo na direção de Lucas Soares e, quando religou a energia, viu que tinha acertado o policial e chamou a Polícia Militar. 

O policial eram famoso nas redes sociais, onde tinha 111 mil seguidores, que comentavam e curtiam todas as suas fotos |
O policial eram famoso nas redes sociais, onde tinha 111 mil seguidores, que comentavam e curtiam todas as suas fotos | |  Foto: Reprodução/Instagram
 

Hipster da Federal 

O policial federal Lucas Soares Dantas Valença ganhou fama na internet quando fez a escolta do ex-presidente da Câmara Eduardo Cunha, em 2016. Na época, o político foi preso. 

O que chamou a atenção foi o visual hipster de Lucas, que reapareceu em fotos e na televisão, em 2021, na busca por Lázaro Barbosa, também em Goiás. 

Ficamos felizes em tê-lo como nosso leitor! Assine para continuar aproveitando nossos conteúdos exclusivos: Assinar Já é assinante? Acesse para fazer login

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em um de nossos grupos de Whatsapp

MATÉRIAS RELACIONADAS