Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Hacker causa prejuízo de quase R$ 200 mil à Câmara Municipal de Cachoeiro

O hacker teria descoberto a senha da Câmara e fez as quatro transferências para contas diferentes

Alessandro de Paula | 22/02/2022 10:47 h | Atualizado em 22/02/2022, 12:23

Um hacker conseguiu driblar o sistema de segurança efetuou quatro transferências que totalizaram quase R$ 200 mil da conta da Câmara de Vereadores de Cachoeiro de Itapemirim na Caixa Econômica Federal.

Câmara Municipal de Cachoeiro.
Câmara Municipal de Cachoeiro. |  Foto: Divulgação
 

O rombo ocorreu pouco depois do meio dia de sexta-feira (18), mas a imprensa só tomou conhecimento nesta segunda-feira (21), após o presidente da Câmara, Brás Zagotto, o diretor da Casa, Wilson Dillen e a responsável pelo setor financeiro registrarem boletim de ocorrência.

De acordo com levantamento feito pelo jornal, o hacker teria conseguido descobrir a senha da Câmara e fez as quatro transferências para contas diferentes num intervalo de dois minutos, entre 12h05 e 12h07 de sexta-feira.

“O banco não deveria permitir, pois além da Câmara informar à Caixa todos os pagamentos acima de R$ 3 mil, com CPF e CNPJ do favorecido, ainda tem a minha assinatura e a do primeiro secretário, que é o Diogo Lube. E a pessoa fez quatro transferências de mais de R$ 49 mil. Foi uma falha lá”, destacou o presidente.

Brás destacou que logo após detectar o rombo, um gerente do banco ligou para a Câmara para questionar sobre a transferência por volta de 12h40. “Por volta de 13h já estávamos lá na agência para averiguar. Tentamos registrar o boletim on-line na Polícia Civil no mesmo dia, mas a internet estava ruim e não conseguimos. Então fomos hoje”, disse Brás.

O presidente da Câmara informou ainda que encaminhou o caso para o setor Jurídico da Casa de Leis tomar as providências a fim de conseguir de volta o dinheiro transferido. Também foram substituídas as senhas de acesso aos computadores e ao site.

Por meio de nota, a Caixa Econômica Federal informou que, em relação à ocorrência apontada pela Câmara Municipal de Cachoeiro de Itapemirim (ES), "foi aberta contestação de saque e em respeito à lei do sigilo bancário, após finalização da análise, o resultado será comunicado diretamente ao órgão legislativo".

O banco explicou ainda que disponibiliza orientações de segurança em seu portal da internet. "Em caso de dúvidas, os clientes têm à sua disposição os canais de atendimento ao cliente CAIXA, tais como SAC/Ouvidoria 0800.726.0101, WhatsApp 0800.104.0104 ou qualquer uma de suas agências (http://www.caixa.gov.br/atendimento)".

Ficamos felizes em tê-lo como nosso leitor! Assine para continuar aproveitando nossos conteúdos exclusivos: Assinar Já é assinante? Acesse para fazer login

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em um de nossos grupos de Whatsapp

MATÉRIAS RELACIONADAS