X

Olá, faça o seu cadastro para ter acesso a este conteúdo

*Você não será cobrado

Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Gesseiro é preso em flagrante acusado de estuprar irmãs gêmeas de 3 anos no ES

À delegada de plantão, as crianças contaram que os abusos aconteceram mais de uma vez

Amanda Drumond e Kananda Natielly | 27/07/2022 10:40 h | Atualizado em 27/07/2022, 12:12

Fachada do Plantão Especializado da Mulher (PEM), na Ilha de Santa Maria, Vitória
Fachada do Plantão Especializado da Mulher (PEM), na Ilha de Santa Maria, Vitória |  Foto: Beto Morais/AT
 

Um gesseiro, de 42 anos, foi preso em flagrante, na noite desta terça-feira (26), acusado de estuprar duas irmãs gêmeas, de apenas 3 anos. O caso aconteceu em um bairro da Serra, onde as vítimas moravam com a mãe, uma auxiliar de serviços gerais.

A casa fica no mesmo terreno em que mora a avó materna, que está em um relacionamento com o acusado há 2 anos. Enquanto a mulher mora na parte de baixo com as meninas, a avó morava em cima com o gesseiro. 

Em entrevista ao Jornal A Tribuna, a mulher contou que, na última sexta-feira (22), chegou em casa do trabalho e encontrou umas manchas nas nádegas de uma das meninas. Ela levou as filhas ao médico, que orientou que ela procurasse o Conselho Tutelar e a polícia.

No entanto, como ela não conseguiu tempo do trabalho, acabou não levando as filhas. Já nesta terça-feira (26), ela deixou as crianças com a avó, para ir à igreja e, quando voltou, as meninas estavam chorando muito e acabaram contando o que o gesseiro tinha feito.

A auxiliar de serviços gerais, imediatamente, ligou para a polícia, que chegou ao local e prendeu o acusado em flagrante. Ele e a mãe das vítimas foram levados ao Plantão Especializado da Mulher (PEM). Na delegacia, foi relatado que os abusos aconteceram mais de uma vez.

Após os procedimentos, o homem foi autuado em flagrante por estupro de vulnerável duas vezes. 

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em um de nossos grupos de Whatsapp

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em nosso grupo do Telegram

MATÉRIAS RELACIONADAS