X

Olá, faça o seu cadastro para ter acesso a este conteúdo

*Você não será cobrado

Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Felipe Neto é intimado a depor após chamar Bolsonaro de genocida

| 15/03/2021 19:05 h

Youtuber postou em uma rede social foto da intimação
Youtuber postou em uma rede social foto da intimação |  Foto: Reprodução Twitter @felipeneto

Felpe Neto foi intimado pela polícia a prestar depoimento em um inquérito aberto por denúncia de "crime contra a segurança nacional". O youtuber fez uma postagem em uma rede social, na tarde desta segunda-feira (15), informando seus seguidores sobre o caso. 

Segundo o youtuber, o processo teria sido aberto por ele ter chamado o presidente Jair Bolsonaro de "genocida" e a investigação foi iniciada, após queixa do vereador, Carlos Bolsonaro. 

"Um carro da polícia acaba de vir na minha casa. Trouxeram intimação p/ q eu compareça e responda por crime contra a segurança nacional porque chamei Jair Bolsonaro de genocida. Carlos Bolsonaro foi no mesmo delegado que me indiciou por 'corrupção de menores'. Sim, é isso mesmo", escreveu Felipe Neto.







                    

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em um de nossos grupos de Whatsapp

MATÉRIAS RELACIONADAS