Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Família de balconista morta na Darly Santos protesta antes de audiência no Fórum de Vila Velha

| 19/08/2021 13:51 h | Atualizado em 19/08/2021, 14:04

Familiares protestam em frente ao Fórum de Vila Velha na primeira audiência do processo contra motorista que causou a morte da balconista Amanda Marques Pinto, em um acidente no último dia 17 de abril na Rodovia Darly Santos, no bairro Novo México.

O motorista, Wagner Nunes de Paulo, de 28 anos, que permanece preso preventivamente, vai passar por Audiência de Instrução e Julgamento a partir das 14 horas desta quinta-feira (19), como primeira passo para decidir se será realizado um júri popular.

A balconista Amanda Marques Pinto, 20 anos, morreu após ser atropelada por um carro de passeio no último dia 17 de abril na Rodovia Darly Santos, em Vila Velha
A balconista Amanda Marques Pinto, 20 anos, morreu após ser atropelada por um carro de passeio no último dia 17 de abril na Rodovia Darly Santos, em Vila Velha |  Foto: Reprodução
Ele está sendo acusado pelo crime de homicídio doloso qualificado, por motivo fútil e por meio que dificulte ou torne impossível a defesa da vítima. Um laudo feito pela Polícia Civil atestou que o motorista estava a cerca de 150 km/h quando causou acidente que terminou com a morte da balconista.

Familiares, amigos e o namorado de Amanda, Matheus José da Silva, 23 anos, estiveram no local antes do início da audiência e protestaram exigindo justiça no caso.

Entenda o caso

A balconista Amanda Marques Pinto, 20 anos, morreu e seu namorado Matheus José da Silva, 23 anos, ficou ferido após serem atropelados por um carro de passeio modelo Corolla por volta das 18h30 do último dia 17 de abril na Rodovia Darly Santos, Bairro Novo México, em Vila Velha.

Testemunhas contaram à Polícia Militar que um Corolla colidiu com a traseira de uma moto Honda XRE300. O casal estava na moto na Darly Santos no sentido Novo México à direita da via e atrás vinha o carro de passeio na esquerda, ao desviar para a direita atropelou o casal que estaria em baixa velocidade.

O condutor do carro, identificado como Wagner Nunes de Paulo, de 28 anos, foi preso em flagrante e, a princípio, autuado por homicídio culposo na direção de veículo automotor. Ele foi levado para o Centro de Triagem de Viana, onde passou por audiência de custódia. Uma fiança, no valor de R$ 10 mil, foi estipulada, mas o motorista não a pagou. Na audiência de custódia, o motorista teve a prisão em flagrante convertida em preventiva.

Ficamos felizes em tê-lo como nosso leitor! Assine para continuar aproveitando nossos conteúdos exclusivos: Assinar Já é assinante? Acesse para fazer login

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em um de nossos grupos de Whatsapp

MATÉRIAS RELACIONADAS