X

Olá, faça o seu cadastro para ter acesso a este conteúdo

*Você não será cobrado

Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Ex-PM acusado de participar de grupo de extermínio em Minas é preso no Estado

O ex-cabo já tinha sido condenado a mais de 21 anos de prisão por um homicídio em Minas Gerais

Marcela Delatorre Lovatti | 23/06/2022 09:52 h

A Força Tarefa de Segurança Pública do Espírito Santo realizou a prisão de um ex-Cabo da Polícia Militar de Minas Gerais, que estava foragido da justiça. O homem foi localizado no norte do Estado e a operação para prendê-lo foi realizada no fim da tarde de quarta-feira (22).

Condenado a mais de 21 anos por um homicídio na região de Governador Valadares e acusado de pertencer a um grupo de extermínio e de envolvimento em mais de 30 mortes. Ele era procurado desde 2017 quando fugiu de um batalhão onde estava preso.

As ações para localizá-lo e prendê-lo foram iniciadas no início do mês de junho, quando o setor de Capturas da Polícia Federal em Brasília repassou para a Força Tarefa informações que poderiam indicar o paradeiro do ex-militar no Espírito Santo.

A partir deste momento, diversas buscas foram realizadas ao longo das últimas semanas e indicaram que o ex-militar estava se escondendo no norte capixaba. Foram então acionadas equipes da Polícia Federal em São Mateus, que confirmaram que ele estava residindo com a esposa no Balneário de Guriri.

Ao ser abordado pela polícia federal, o homem não resistiu a prisão e confirmou que sabia da ordem de prisão contra ele. O ex-cabo foi entregue a Secretaria de Estado da Justiça (Sejus), onde ficará à disposição da justiça.

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em um de nossos grupos de Whatsapp

MATÉRIAS RELACIONADAS