X

Olá, faça o seu cadastro para ter acesso a este conteúdo

*Você não será cobrado

Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Estudante tenta proteger colega e é assaltado em Vila Velha

| 07/02/2020 14:41 h

Na tentativa de proteger uma colega de escola, um estudante de 17 anos teve o celular roubado por dois bandidos em Prainha, Vila Velha. A adolescente também teve o aparelho roubado.

O crime aconteceu na última quarta-feira (05), por volta das 18h30. Esta foi a quarta vez que o adolescente foi roubado na região.



Uma câmera de segurança registrou o momento em que o jovem caminha em uma calçada. Quando ele percebe que está sendo observado pelos dois suspeitos, que se aproximam de bicicleta, ele finge que está entrando em uma casa. No entanto, ele decide voltar se aproximar de uma colega de escola, que vinha metros atrás.

Neste momento, os dois suspeitos de bicicleta retornam e abordam os dois adolescentes, exigindo que eles entreguem os celulares. Um deles coloca os aparelhos na cintura e ambos fogem. A vítima chega a correr em direção aos suspeitos, mas não consegue alcançá-los.

"Eles a ameaçaram. Disseram que iam matar ela se ela corresse", afirmou o jovem.

A mãe da vítima, que não teve o seu nome divulgado, procurou mais uma vez à Delegacia Regional de Vila Velha para denunciar o crime. Em nenhum dos casos, o celular foi recuperado.

"A gente trabalha muito para conseguir comprar as coisas. Este telefone ele comprou com o salário dele, de menor aprendiz. A gente já compra achando que vai ter que comprar outro, porque alguém vai levar", disse a mãe. "A sensação de um cidadão de bem é que a gente fica preso em casa e os bandidos soltos na rua", completou.

Em nota à TV Tribuna/SBT, a Polícia Militar afirmou que reforçou o policiamento na região com mais viaturas, principalmente nos horários com maior incidência de crimes e que está à disposição da comunidade para discutir ações no local.

Já a Polícia Civil afirmou que o caso será investigado, mas, até o momento, ninguém foi preso.

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em um de nossos grupos de Whatsapp

MATÉRIAS RELACIONADAS