Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Estudante de medicina ironiza morte de paciente nas redes sociais

Jovem reclamou quando uma mulher chegou com princípio de infarto para ser atendida de madrugada, perto do seu horário de descanso. Ela foi afastada do estágio

Redação Tribuna Online | 08/02/2022 20:37 h

Uma estudante de medicina usou as redes sociais para reclamar da chegada de uma paciente com edema agudo no pulmão bem perto da hora de seu descanso. Em seguida, ela atualiza o post dizendo "a mulher morreu e eu não dormi”. A postagem, que causou revolta, aconteceu em Maceió, de acordo com o g1. 

A menina fez uma foto onde aparece o nome da paciente e os procedimentos realizados. E escreveu um texto com a reclamação. “Faltando 10 min para minha hora de dormir, chega mulher infartando e com edema agudo de pulmão, e agora já passou 1:30 da minha hora de dormir, tô puta”. O caso aconteceu no Unidade Mista Dr. José Carlos de Gusmão, no município de Marechal Deodoro, onde a estudante faz estágio.

Logo em seguida a estudante fez uma selfie com sinal de legal e escreveu "Atualizações: a mulher morreu e eu não dormi”.

A Secretaria Municipal de Saúde de Marechal Deodoro informou, por meio de nota, que tomou conhecimento do caso através do médico-chefe da unidade e já solicitou o desligamento da acadêmica do quadro de estagiários do município, que tem convênio com a faculdade particular.

O coordenador do curso de medicina do Cesmac, André Falcão, disse que a instituição tomou conhecimento do caso através de grupos do whatsapp. O g1 contou que ele informou que a aluna foi afastada do estágio até que seja averiguado o fato e as medidas cabíveis sejam tomadas. O colegiado da Faculdade deve se reunir nesta quarta (9) para discutir o assunto. A jovem deve ser ouvida.

Nota da Prefeitura de Marechal Deodoro

A Secretaria Municipal de Saúde de Marechal Deodoro tomou conhecimento do caso através de informação prestada pelo médico-chefe da Unidade Mista Dr. José Carlos de Gusmão, e, imediatamente, solicitou o desligamento da acadêmica do quadro de estagiários do Município. A referida estagiária é oriunda de um convênio firmado entre a Prefeitura Municipal de Marechal Deodoro e a unidade de ensino Cesmac (Centro de Estudos Superiores de Maceió). A Secretaria lamenta o ocorrido e reafirma seu compromisso focado na humanização e respeito ao cidadão em todas as nossas unidades de saúde.

Ficamos felizes em tê-lo como nosso leitor! Assine para continuar aproveitando nossos conteúdos exclusivos: Assinar Já é assinante? Acesse para fazer login

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em um de nossos grupos de Whatsapp

MATÉRIAS RELACIONADAS