X

Olá, faça o seu cadastro para ter acesso a este conteúdo

*Você não será cobrado

Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Estado terá a volta do Batalhão de Missões Especiais

| 11/08/2021 16:24 h

Governo anunciou volta do BME
Governo anunciou volta do BME |  Foto: Arquivo/AT

O governador Renato Casagrande anunciou na manhã desta quarta-feira (11) a volta do Batalhão de Missões Especiais (BME), da Polícia Militar. O retorno da tropa é uma das ações do projeto de reestruturação das Forças de Segurança do Estado. 

Além da volta do BME, também estão incluídas nesse programa a abertura de concurso para a Polícia Militar com 671 vagas, criação de duas Companhias Independentes do Corpo de Bombeiros, uma em Vila Velha e a outra na Serra e a permissão para a aplicação de Indenização Suplementar de Escala Operacional (Iseo) em atividades como plantões nas Delegacias Regionais. 

Extinto em março de 2017, quando foi transformado na Companhia Independente de Missões Especiais (Cimesep), o BME volta a fazer parte da estrutura das forças especializadas da PM. 

“Vamos dividir a Região Metropolitana para facilitar o trabalho de definição de estratégia. Estamos criando dois batalhões, como o BME, que é fundamental para atuar em momentos de características diferenciadas, seja no diálogo ou no enfrentamento, e o Batalhão de Cães que funciona muito bem, principalmente, na identificação de drogas", explicou Casagrande. 

O comandante-geral da Polícia Militar, coronel Douglas Caus, destacou o volume de investimentos destinados pelo Governo para a pasta da Segurança Pública.

"Esse é o Governo que mais investiu na Polícia Militar desde que entrei na Corporação e só faz isso quem tem visão do interesse público. O grande anúncio, hoje, desse concurso, além da reestruturação, planejada por meses, o retorno do BME, são medidas importantes e voltadas ao interesse público que demonstram o compromisso do governador Renato Casagrande com a segurança dos capixabas e com a carreira dos Oficiais e Praças da Polícia Militar", salientou.

Além do retorno do BME, o governo ainda autorizou a abertua de novas  abertura de quatro novas Companhias Independentes da Polícia Militar, em Nova Rosa da Penha (Cariacica) e São Torquato (Vila Velha), na Grande Vitória; e em Jaguaré e Pinheiros, no interior do Estado.

Ainda na estrutura da Corporação, o Comando de Polícia Ostensiva Metropolitano (CPOM) passa a ser dividido em duas unidades, uma responsável pelo comando do policiamento em Vitória e Serra, outra abrangendo os municípios de Cariacica, Vila Velha Viana e Guarapari. Já a Companhia Independente de Missões com Cães (CIOC) será elevada ao patamar de Batalhão.

Outra mudança anunciada foi o fim da limitação para o quantitativo de vagas para a promoção de sargentos, contido na Lei Complementar nº 911/2019. A medida possibilita que mais militares estaduais sejam habilitados e qualificados para atuarem como sargentos.

BME

O Batalhão de Missões Especiais (BME) da Polícia Militar foi extinto em março de 2017, logo após o fim da greve da PM. Na época, a Ronda Ostensiva Tática Motorizada (Rotam) também foi  descentralizada para atender a cada batalhão. 

O BME foi transformado na Companhia Independente de Missões Especiais (Cimesep), que tem como função o mesmo papel que o batalhão, mas sem a atribuição de realizar patrulhamento pela ruas. A sede da companhia é em Caricica, onde funcionava a Rotam. 

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em um de nossos grupos de Whatsapp

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em nosso grupo do Telegram

MATÉRIAS RELACIONADAS