X

Olá, faça o seu cadastro para ter acesso a este conteúdo

*Você não será cobrado

Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Entenda caso de Deolane Bezerra e Tirullipa, alvos de buscas da Polícia Civil

Ambos participaram de campanhas publicitárias de empresa alvo de investigações da polícia

Agência Folhapress | 15/07/2022 17:27 h

Deolane Bezerra e Tirullipa 
participaram de campanhas publicitárias da empresa alvo de investigações da polícia
Deolane Bezerra e Tirullipa participaram de campanhas publicitárias da empresa alvo de investigações da polícia |  Foto: Reprodução / Instagram
 

A advogada e DJ Deolane Bezerra, assim como o humorista Tirullipa, foram alvos de buscas e apreensões da Polícia Civil de São Paulo nesta quinta-feira (14) em decorrência de investigações sobre a empresa de apostas esportivas digitais Betzord, suspeita de irregularidades financeiras.

Influenciadora pernambucana e viúva de MC Kevin, cantor morto no ano passado, Bezerra teve bens apreendidos de sua casa em Alphaville, em São Paulo. Entre os itens levados, estão dois carros, uma Land Rover Discovery e um Porsche –estimado em cerca de R$ 1 milhão–, relógios da marca Rolex e uma agenda com anotações, de acordo com a irmã da influenciadora, Daiane Bezerra, em depoimento ao UOL Splash.

Deolane Bezerra, assim como o humorista Tirullipa, filho do palhaço e político Tiririca, participaram de campanhas publicitárias da empresa alvo de investigações da polícia. Ele também teve sua residência envolvida nas operações policiais.

Em nota à imprensa divulgada em suas redes sociais, Tirullipa afirmou que não figura como investigado no inquérito e que "não possui qualquer envolvimento com a empresa investigada por suposto crime contra a economia popular e associação criminosa".

O comunicado, escrito pela assessoria jurídica do artista, ressalta que Tirullipa fez apenas "uma ação de divulgação pontual e ética" em 2021 para a empresa em questão. "Ressalta-se ainda que todos os valores e itens apreendidos em sua casa são provenientes do seu trabalho, legalmente declarados, e já estão sendo devolvidos ao artista, que segue contribuindo com toda a investigação e à disposição da justiça", finalizou a nota.

A equipe de defesa de Bezerra também emitiu um comunicado no qual repudiou o caso e disse que vai tomar providências contra qualquer tentativa de sensacionalismo que tentem vincular a imagem de sua cliente a condutas delituosas.

A influenciadora também comentou o processo através de uma série de Stories, em sua conta no Instagram. "Acabei de descer do avião e meu celular está estourado. Vou ver tudo que estão falando a meu respeito mais uma vez. É, Brasil, é sobre isso. Ter opinião política, ser verdadeira e trabalhar honestamente muitas vezes gera isso, né? Mas vamos para mais um processo", afirmou Deolane.

Com a declaração, Bezerra sugeriu que está sofrendo algum tipo de perseguição política. Após declarar seu apoio ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) na eleições à Presidência e se encontrar com ele, a influenciadora afirmou que tem sofrido boicotes de empresas, que têm pedido que ela pare de publicar fotos com o candidato do PT.

A empresa Betzord também se manifestou em sua defesa através de comunicado divulgado nas redes sociais. "A empresa está buscando autoridades policiais para mostrar que sempre atuou de forma correta e em estrito respeito às normas legais", declarou o documento assinado pelo advogado da empresa de apostas online.

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em um de nossos grupos de Whatsapp

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em nosso grupo do Telegram

MATÉRIAS RELACIONADAS