X

Olá, faça o seu cadastro para ter acesso a este conteúdo

*Você não será cobrado

Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Empresa é acusada de fraudar folha de ponto em obra da BR 262 no Estado

| 20/10/2020 17:34 h | Atualizado em 21/10/2020, 17:30

Polícia Federal cumpriu mandado de busca e apreensão na sede da empresa
Polícia Federal cumpriu mandado de busca e apreensão na sede da empresa |  Foto: Divulgação/ PF
Uma empresa contratada pelo Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) é acusada de fraudar a folha de ponto em obra da BR-262 no Estado.

Segundo a Polícia Federal, que realizou uma operação na manhã desta terça-feira (20), foi cumprido um mandado de busca e apreensão na sede da empresa em Belo Horizonte, Minas Gerais.

“A empresa investigada apresentava folha de ponto com informações falsas à autarquia federal contratante do serviço, ou seja, incluía nas medições encaminhadas ao órgão público folhas de ponto de funcionários que não estavam de fato prestando serviços no local”, explicou a Polícia Federal.

O prejuízo causado pela empresa ao DNIT é estimado em R$ 615 mil, ainda segundo a polícia. “Apura-se ainda, se as testemunhas dos fatos investigados foram ameaçadas para que prestassem informações inverídicas à Polícia Federal”, completou.

Os investigados podem responder por peculato e ameaça.
 

O que diz o DNIT

Em nota encaminhada à reportagem, o DNIT informou que "as instâncias de fiscalização do departamento na Superintendência Regional no Espírito Santo realizaram procedimentos de apuração preliminares e fizeram os encaminhamentos necessários à Polícia Federal".

Declarou também que a operação "decorre de relato enviado pelo próprio DNIT à Federal, em 01/07/2019, no qual é solicitada a investigação de suposta prática de crime".

O departamento conclui dizendo que tem se colocado à disposição das autoridades para colaborar com os esclarecimentos adicionais que se fizerem necessários.

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em um de nossos grupos de Whatsapp

MATÉRIAS RELACIONADAS