X

Olá, faça o seu cadastro para ter acesso a este conteúdo

*Você não será cobrado

Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

"Ele será caçado até ser identificado e preso", diz secretário de Segurança

| 10/02/2020 21:32 h | Atualizado em 10/02/2020, 22:26

Imagem ilustrativa da imagem "Ele será caçado até ser identificado e preso", diz secretário de Segurança

O secretário de Estado da Segurança, Roberto Sá, afirmou que o criminoso responsável pela morte da menina Alice da Silva Almeida, de 3 anos, será caçado até ser identificado e preso. O pronunciamento foi feito durante uma coletiva de imprensa na sede da Secretaria de Estado da Segurança Pública e Defesa Social (Sesp), na noite desta segunda-feira (10).

"Todos nós, governo, policiais, estamos consternados, tristes e revoltados com essa insanidade praticada por esse criminoso. Mas ele vai ter o seu destino, porque ele será caçado por nós até ser identificado e preso", disse o secretário.

De acordo com Roberto Sá, a região do bairro Dom João Batista, em Vila Velha, está com uma estabilidade devido à disputa territorial do tráfico. "1º de Maio, Pedra Búzios, Aribiri, Dom João Batista. A Polícia Civil e a Polícia Militar já tem feito saturação, diligências, investigações, operações e prisões, mas tem muitos criminosos naquela área", afirmou. 

O secretário ainda lamenta que o narcotráfico, no Brasil, exerce uma sedução e muitos jovens acabam entrando no crime. Segundo Roberto, a forma com a qual as diferenças entre esses grupos é resolvida, acaba resultando em uma "brutalidade como essa, que tirou a vida da pequena Alice".

"Mas todos estão em campo direto, 24 horas, e contamos com o apoio da população. Nós vamos atrás desse bárbaro, onde quer que seja. Naquela região, acontece de ter muita gente envolvida com o tráfico, por isso a gente pede à população que denuncie no 181, que nós iremos checar todas as denúncias", afirmou.

Assista a uma parte da entrevista com Roberto Sá:

Governo do Estado

O governador Renato Casagrande se pronunciou sobre a morte de Alice, em sua conta no twitter, na noite desta segunda-feira (10). De acordo com ele, esses tipos de crimes deixam a popualção muito abalada, principalmente quando uma criança de 3 anos é vítima dessa disputa.

"Vidas Perdidas pelo enfrentamento entre grupos criminosos deixa a sociedade muito abalada, especialmente quando uma criança de três anos vira vítima dessa disputa. Em nenhuma hiótese ficará impune. Minha solidariedade à família e amigos da pequena Alice", disse Casagrande.

Leia mais:

Menina de 3 anos morre vítima de bala perdida em Vila Velha

Menina é enterrada com fantasia da Branca de Neve

Mãe fez declaração emocionada 4 dias antes do crime: “É difícil deixar você sair de perto”

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em um de nossos grupos de Whatsapp

MATÉRIAS RELACIONADAS