X

Olá, faça o seu cadastro para ter acesso a este conteúdo

*Você não será cobrado

Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Dupla invade prédio de luxo em Vitória e leva mais de R$ 250 mil de morador

Uma jovem de 18 anos foi imobilizada no local e presa

Amanda Drumond e Kananda Natielly | 17/07/2022 12:34 h | Atualizado em 17/07/2022, 12:48

Momento em que a acusada foi imobilizada pelo porteiro
Momento em que a acusada foi imobilizada pelo porteiro |  Foto: Reprodução/Redes Sociais
 

Moradores de um prédio de luxo, na Mata da Praia, em Vitória, passaram por momentos de terror durante um assalto dentro do apartamento, por volta das 15 horas deste sábado (16). O edifício fica na avenida Dante Michelini, orla de Camburi. Uma jovem de 18 anos foi presa, mas dois homens fugiram.

De acordo com a ocorrência registrada pelos policiais militares, um casal teria usado uma chave de fenda para arrombar a porta de um dos apartamentos, agrediu duas vítimas, uma mulher de 59 anos e sua mãe, de 97, além de roubar dinheiro e joias. 

No entanto, em um dos quartos, dormia o marido da mulher mais nova, que acabou acordando com o barulho do assalto. Ao chegar na sala, ele entrou em luta corporal com o homem e a garota, que fugiram levando os objetos roubados. Ele ainda foi atrás deles gritando "ladrão", mas os dois ainda tentaram sair do edifício como se fossem moradores. 

Casal foi flagrado dentro do edifício
Casal foi flagrado dentro do edifício |  Foto: Reprodução/Redes Sociais
 

Apesar da tentativa, o porteiro ouviu os avisos da vítima e saiu da guarita para ir atrás dos criminosos, que tentaram pular o muro. Apenas o homem conseguiu e a jovem foi imobilizada pelo trabalhador, que antes de pegá-la ainda foi ferido por ela com a chave de fenda usada no arrombamento.

Além de atacar o porteiro, ela também conseguiu jogar uma bolsa branca, onde o dinheiro e as joias tinham sido colocados dentro, para seu comparsa, que já estava do lado de fora do prédio.

No local, os policiais algemaram a acusada e uma policial mulher ainda fez uma revista nela, mas nada foi encontrado. 

Aos militares, as mulheres vítimas do casal também contaram que os dois foram agressivos e fizeram ameaças de morte a todo momento. A mais nova, inclusive, teve o dedo machucado por um deles.

Ao todo, segundo uma das mulheres contou aos policiais, foram levados 20 mil dólares, 20 mil euros, R$ 10 mil e R$ 30 mil em joias. 

Terceiro participante

Ao analisar as imagens de videomonitoramento, os policiais perceberam que uma terceira pessoa agindo de forma suspeita: um homem, que estava do lado de fora dando apoio aos criminosos, por meio do celular. 

As próprias vítimas confirmaram aos militares que o casal ficou em contato, durante todo o crime, com uma pessoa no celular.

Única presa na ação, a garota foi levada para a Divisão Especializada de Repressão aos Crimes Contra o Patrimônio (DRCCP), em Vitória. 

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em um de nossos grupos de Whatsapp

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em nosso grupo do Telegram

MATÉRIAS RELACIONADAS