X

Olá, faça o seu cadastro para ter acesso a este conteúdo

*Você não será cobrado

Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Descoberto "gato" de energia em escola de gastronomia em Jardim da Penha

| 06/10/2020 17:09 h

Após uma inspeção de combate a furto de energia elétrica em uma escola de gastronomia e culinária em Jardim da Penha, em Vitória, equipes da Polícia Civil e da EDP constataram fraude no medidor de energia.

A ação, que foi caracterizada como furto, aconteceu na manhã desta terça-feira (6) e foi identificado que da energia que estava sendo consumida somente parte estava sendo medida. De acordo com a polícia, o gerente do local acompanhou a operação e foi conduzido à Divisão Especializada de Repressão aos Crimes Contra o Patrimônio de Vitória.

O furto de energia é crime previsto no Artigo 155 do Código Penal Brasileiro, que dispõe: "Subtrair, para si ou para outrem, coisa alheia móvel: pena de reclusão, de 1 (um) a 4 (quatro) anos, e multa".

Além do processo criminal, o proprietário do local, conforme a regra da Resolução ANEEL – Agência Nacional de Energia Elétrica, arcará com a cobrança de toda energia não faturada durante o período da irregularidade e o custo administrativo.

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em um de nossos grupos de Whatsapp

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em nosso grupo do Telegram

MATÉRIAS RELACIONADAS