X

Olá! Você atingiu o número máximo de leituras de nossas matérias especiais.

Para ganhar 90 dias de acesso gratuito para ler nosso conteúdo premium, basta preencher os campos abaixo.

Já possui conta?

Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Pernambuco
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Pernambuco
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Espírito Santo
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Espírito Santo
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo

Polícia

Criminosos executam três pessoas a tiros em bairro de Vila Velha


Três pessoas foram assassinadas a tiros na madrugada desta terça-feira (25), no bairro Jaburuna, em Vila Velha.

De acordo com moradores, o triplo homicídio aconteceu por volta da meia-noite. Um rapaz não identificado foi morto em um beco e um casal foi assassinado dentro de uma residência.

Policiais militares contaram que foram acionados via Ciodes e informados de que havia vítimas de disparos de arma de fogo na rua Vasco da Gama.

Ao chegarem ao local, que é de difícil acesso, os militares localizaram o corpo de um jovem, que aparentava ter aproximadamente 25 anos, na parte baixa da rua. Ele foi morto com um tiro na cabeça e outro, nas nádegas. 

Imagem ilustrativa da imagem Criminosos executam três pessoas a tiros em bairro de Vila Velha
Beco onde o corpo do rapaz não identificado foi encontrado. |  Foto: Kananda Natielly

Na parte alta da rua, os militares encontraram os corpos de um casal dentro de uma residência. As vítimas foram identificadas como Luciane Bredoff de Jesus Penha, de 46 anos, e Francisco Souza Scalzer Neto, de 26 anos. A mulher foi baleada no tórax e tinha um ferimento na cabeça, que pode ter sido causado pela queda após o disparo. Já o homem, foi atingido no tórax, no peito, na cabeça e no ombro esquerdo.

Imagem ilustrativa da imagem Criminosos executam três pessoas a tiros em bairro de Vila Velha
Casa onde vivia o casal assassinado. |  Foto: Kananda Natielly

A suspeita é que o crime esteja relacionado à disputa pelo tráfico de drogas.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Leia os termos de uso

SUGERIMOS PARA VOCÊ: