X

Olá, faça o seu cadastro para ter acesso a este conteúdo

*Você não será cobrado

Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Criança de 6 anos é morta a tiros durante ataque na Grande São Paulo

As circunstâncias do caso ainda estão sendo investigadas e, até o momento, não está clara a motivação do crime

Agência Folhapress | 30/07/2022 16:46 h

Uma criança de 6 anos de idade foi morta com ao menos quatro tiros na noite desta sexta-feira (29) em Carapicuíba, na Grande São Paulo. A menina estava com o pai, um empresário de 46 anos, que também foi baleado - quatro suspeitos teriam participado do crime.

As circunstâncias do caso ainda estão sendo investigadas e, até o momento, não está clara a motivação do ataque.

De acordo com os registros oficiais, policiais militares foram acionados para atender uma ocorrência de disparos de arma de fogo em uma rua da Vila Helemar, na periferia da cidade. Quando os agentes chegaram ao local, pai e filha já tinham sido levados para hospitais da região.

Os policiais, então, conversaram com testemunhas que estavam no local. Elas afirmaram que quatro pessoas saíram de dentro de um carro, possivelmente um Corsa cinza ou prata, e dispararam contra as vítimas. Eles fugiram na sequência e, até o momento, não foram indentificados.

A criança, ainda segundo a versão oficial, apresentava ferimentos de arma de fogo na cabeça, ombro, braço direito e perna direita. O pai, identificado como Evandro Machado Mingorance, foi atingido na barriga e segue internado, segundo a Polícia Civil.

De acordo com a Secretaria da Segurança Pública, a Polícia Civil está investigando o caso com equipes especializadas no esclarecimento de homicídios. Não está descartada, por ora, nenhuma possibilidade, incluindo latrocínio (roubo com morte). "Câmeras de segurança foram localizadas no entorno. Perícia foi acionada e todos os fatos são apurados", diz nota.

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em um de nossos grupos de Whatsapp

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em nosso grupo do Telegram

MATÉRIAS RELACIONADAS